Colunistas
 
 
Oscar Menna Barreto Grau
Médico Veterinário
folha@folhadonordeste.com.br
 
 
Seis por meia dúzia - 08/04/2016
 
Sei que o momento vivido por todos nós brasileiros é extremamente grave.
Não sabemos o que pode acontecer amanhã, a política que é definida como a ciência do governo dos povos, ou ainda, a arte de dirigir os negócios de uma nação ou Estado, aqui neste nosso Brasil, através dos anos sofre transformações para pior, dando-nos a certeza que hoje está sendo usada e exercida por uma maioria esmagadora para a criação aos moldes da máfia de formas para ganhar fortunas e garantir privilégios para seus seguidores.
Nossa Constituição, que é a lei maior mostra-se prolixa, deixando margens para várias interpretações e permitindo que todo aquele abonado e com condições de contratar bons e caros defensores, através de recursos jurídicos e mais recursos, consiga diminuir suas condenações ou até chegar a prescrição.
Assim, nada melhor do que usarmos o velho adágio popular, não adianta trocar “seis por meia dúzia”.
Vamos aos fatos, na composição da comissão do impeachment, ou seja, os deputados que analisam o pedido de afastamento da presidente, é composta por sessenta e cinco membros e o mais horripilante é que deste total, trinta e cinco somam cento e cinquenta e três pendências entre inquéritos, ações criminais e cíveis ou rejeição de contas, oito são réus no STF e seis foram condenados em ao menos em uma instância. Completando este quadro digno de filme de terror, temos o Sr. Eduardo Cunha, presidente da Câmara, na condição de réu em ação penal no STF, respondendo ainda a outros dois inquéritos, um por lavagem de dinheiro e outro que apura crimes da lei de licitações.
Moldurando o acima referido quadro temos o presidente do Senado Sr. Renan Calheiros, respondendo a nove inquéritos por lavagem de dinheiro, corrupção, formação de quadrilha e ainda é alvo de duas ações civis públicas por improbidade administrativa.
Não podemos esquecer que o nosso vice-presidente Temer também tem muito à temer da justiça. Assim, repetindo o bordão “não adianta trocar seis por meia dúzia”, pois os atores principais da nossa política estão parecendo serem farinha do mesmo saco.
É bom lembrar que exatamente nestes momentos de aflição de incerteza é que surgem os aproveitadores de ocasião, os salvadores da pátria, e tudo continua como antes, ou pior, acontece que o povo, aqueles que trabalham, produzem, pagam impostos estão no limite, não aguentam mais.
Exigimos mudanças para melhor, chega de roubo, corrupção, corporativismo, enganação, o povo está cansado de ser o palhaço que paga o pato.
 
Outras colunas deste Autor
01/07/2016
Justiça social - 24/06/2016
Mudanças necessárias - 17/06/2016
Hoje quem pode mais, chora menos - 10/06/2016
Brasil dos privilégios - 03/06/2016
Precisamos mudar - 27/05/2016
Corrupção - 20/05/2016
O Brasil que nós queremos... - 13/05/2016
Independência dos Poderes... - 06/05/2016
Mudanças... - 29/04/2016
Brasil que o povo deseja - 22/04/2016
Mudanças já... - 15/04/2016
Seis por meia dúzia - 08/04/2016
O Brasil hoje - 01/04/2016
Injustiças - 18/03/2016
 
   
publicidade - anuncie
   


Leodário Schuster
Empresário


Ademar Fagundes
Jornalista e Radialista


Juliana Chilanti Tonial
Advogada especialista em Direito Civil. Mestrada em Direito Ambiental - UCS

Outros Colunistas (...)
Em andamento, Copa ABAMF de Integração de Esportes
Em sua 20ª edição, neste sábado, teve início a vigésima edição da Copa ABAMF de Integração de Esportes. Várias modalidades esportivas estão sendo disputadas e algumas premiações já foram entregues n (...)
Ponte sobre o Rio Bernardo José é inaugurada
Depois de 25 anos de espera, a ponte sobre o Rio Bernardo José, no limite entre os municípios de Capão Bonito do Sul e Esmeralda é inaugurada nesta sexta-feira, 20. O ato contou com a presença do pref (...)
Associação Amigos da Casa da Cultura realiza Reunião Ordinária
Na próxima terça-feira, dia 24, a diretoria da Associação Amigos da Casa da Cultura de Lagoa Vermelha, convoca seus membros fundadores, associados e apoiadores para Reunião Ordinária. A reunião tra (...)
Vereadora Márcia solicita recolhimento de resíduos
Ouvir e encaminhar as demandas da comunidade é atividade constante no mandato da vereadora Márcia do Carmo (PSB). Na última segunda-feira (16), em Sessão Didática, a vereadora apresentou pedido de pro (...)
Sossella destaca aprovação na Assembleia de projeto de lei que combate roubo de cargas
Por unanimidade, o plenário da Assembleia Legislativa aprovou na terça-feira (17) o Projeto de Lei 43/2018, que busca combater o roubo de cargas no Estado. A iniciativa determina o cancelamento da ins (...)
 
  Página Inicial | Contato | Empresa | Lagoa Vermelha

Simples.net Solucões Inteligentes