Colunistas
 
 
Leodário Schuster
Empresário
leodario.schuster@terra.com.br
 
 
27/11/2015
 
A lama
Cada vez mais corremos o risco de escrever com alguma antecedência este artigo e ele chegar para o leitor velho e mofado. Pois hoje, 25, a lama de Mariana chegou ao Senado Federal. Acordamos com a notícia da prisão de um senador, seu assessor, seu advogado e um banqueiro, isso é tão constrangedor quanto está sendo o desastre ambiental provocado pelo rompimento da barragem da mineradora Samarco. Muitas vezes ponho-me a imaginar, o que pensam atualmente do Brasil qualquer analista internacional, deve ser algo escabroso, em menos de 30 dias conseguimos produzir desastres ambientais, políticos, morais, numa sucessão inimaginável. Ah! Não é bom esquecer a prisão do grande pecuarista, empresário e melhor amigo de um ex-presidente. Prosseguindo assim, não podemos esperar mais surpresas, tudo pode acontecer, o Senador preso era também líder do governo no Senado. Concluindo, definitivamente lama já não é mais só a de Mariana.

Mapa lança Canal
Azul para agilizar
fiscalização das
exportações
Modernizar o controle oficial das exportações e gerar uma economia de 72 horas para o exportador. Esses são apenas alguns dos benefícios que o Canal Azul (Sistema de Informações Gerenciais do Trânsito Internacional de Produtos e Insumos Agropecuários) proporcionará. A plataforma foi lançada nesta terça-feira (24), pela ministra Kátia Abreu (Agricultura, Pecuária e Abastecimento) em conjunto com a Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (USP).
“Por meio da integração do Canal Azul com os sistemas privados e com o Portal Único de Comércio Exterior, vamos eliminar etapas repetitivas e desnecessárias nos processos de exportação e de importação”, explicou a coordenadora-geral do do Sistema de Vigilância Agropecuária Internacional (Vigiagro), Edilene Cambraia.
Somente na cadeia de exportação da carne, a redução do tempo médio referente ao processo compreendido entre o carregamento dos contêineres na indústria e a realização do embarque nos navios poderá alcançar 72 horas.
O Canal Azul fará um direcionamento da fiscalização para operações com base no risco envolvido, disse Edilene, e vai ajudar melhorar a transparência das atividades de fiscalização. A redução na quantidade de documentos exigidos também será um dos principais resultados da utilização do Sistema, de acordo com a coordenadora.
"É o Ministério da Agricultura desburocratizando e promovendo a competitividade das empresas brasileiras", afirmou a ministra, que parabenizou o professor da Universidade de São Paulo, Eduardo Mario Dias, pesquisador responsável pelo Canal Azul presente na cerimônia de lançamento.
O Canal Azul é um processo eletrônico de exportação e importação de mercadorias agropecuárias que foi desenvolvido pelo Grupo de Gestão em Automação e Gestão de Tecnologia da Informação (GAESI), da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (USP).
O Mapa incorporou, por meio da Instrução Normativa 28 (de 23 de setembro de 2015), o programa ao Sistema de Informações Gerenciais de Trânsito Internacional (SIGVIG) e definiu um cronograma de implementação do Canal Azul para todas as cadeias do agronegócio. Fonte: Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento

“Fervor no campo”: Agronegócio
argentino comemora eleição de Macri
“Fervor no campo” - é assim que a Revista Chacra, a mais tradicional publicação do agronegócio argentino, define o momento vivido pelo setor rural com a confirmação de Maurício Macri como presidente eleito. A expectativa é grande pelo cumprimento das promessas de campanha, que incluíam o fim das “retenções”, a abertura às exportações e um ajuste cambiário - o que na prática significa a desvalorização do Peso. Todas essas medidas terão um impacto direto e significativo nas relações comerciais com o Brasil. Fonte: Agrolink

Para reflexão
“Algum dinheiro evita preocupações; muito, atrai.”
Confúcio
 
Outras colunas deste Autor
24/06/2016
10/06/2016
27/05/2016
13/05/2016
29/04/2016
15/04/2016
22/01/2016
08/01/2016
24/12/2015
11/12/2015
27/11/2015
13/11/2015
30/10/2015
16/10/2015
02/10/2015
 
   
publicidade - anuncie
   


Cláudio Júnior Damin
Cientista Político


Terezinha do Carmo
Pedagoga


Jaine Cerioli
Psicopedagoga Clínica

Outros Colunistas (...)
Justiça Federal determina multa de R$ 1.000,00 por hora para quem bloquear rodovias federais gaúchas

Na manhã desta quinta (24), a Justiça Federal -  TRF-4 concedeu liminar em favor da União visando garantir o direito de livre circulação.

Demandada (...)

Presidente do Legislativo participa da organização de evento que busca oportunidades de emprego aos lagoenses

O presidente do Legislativo, Braulio Guedes (PTB), participou nesta quarta-feira (23), de uma reunião a fim de organizar o Empregar RS. O evento acontecerá no dia 15 de junho, das 9h (...)

Mesa Diretora busca a instalação de abrigo para a Rodoviária

Na sessão ordinária desta segunda-feira (21), o presidente Braulio Guedes (PTB), representando a Mesa Diretora do Legislativo, formalizou pedido de providência ao Executivo Muni (...)

Ruth fiscaliza andamento das Obras

 Na manhã de terça-feira(22), a vereadora do Progressista, Ruth Bussolotto acompanhou o andamento do trabalho da Secretaria de Obras e Viação. Junto com o secret&aa (...)

Mais pinheiros, mais pinhas, mais pinhão: a produção sustentável da araucária

O que resta é cerca de 3% das araucárias que habitavam o Brasil entre 1800 e 1900, quando começou o ciclo da madeira e iniciou a exploração dessa árvore, a (...)

 
  Página Inicial | Contato | Empresa | Lagoa Vermelha

Simples.net Solucões Inteligentes