Colunistas
 
 
Ronaldo Santini
Deputado Estadual
ronaldo.santini@al.rs.gov.br
 
 
30/05/2014
 
Financiamento hospitalar
Ao longo deste primeiro semestre de 2014, tenho dedicado grande parte do tempo parlamentar do meu gabinete, às discussões sobre a Resolução 64, da secretaria estadual da Saúde (SES). Em conjunto com a Federação das Santas Casas do RS, na condição de presidente da Frente Parlamentar de Apoio às Santas Casas e Hospitais Filantrópicos do RS, estou reunindo dirigentes dos hospitais de pequeno porte do Estado com os diretores e técnicos da SES para reuniões individuais que têm discutido o novo modelo de financiamento das casas de saúde de pequeno porte.

Novo modelo
A SES criou neste ano um novo formato de auxílio aos hospitais do RS, chamado de Incentivo de Cofinanciamento da Assistência Hospitalar (PIES-IHOSP), que distribui o valor total de R$ 250 milhões, recurso pelo qual, nossa frente parlamentar tem decisiva participação na conquista, intermediando as negociações entre o governo e os representantes hospitalares. As regras para divisão dos recursos, fixadas na chamada Resolução 64, foram acordadas de duas formas: por produção (para os hospitais médios e grandes, com mais de 50 leitos, o grupo 1) ou por leitos (para os menores, até 50 leitos, o grupo 2). Os hospitais que optarem pelo grupo 2 terão valor fixo por leito de R$ 3,9 mil mensais, no limite de oito leitos para cada 10 mil habitantes.

Fechamento dos serviços locais
Esta proposta do governo é bastante tentadora aos pequenos hospitais, se não fosse a condição proposta pela SES, estabelecendo que os serviços de hospital geral sejam transferidos para os hospitais de médio e grande portes, com especializações de referência regional. Ou seja, 88 pequenos hospitais gaúchos foram incentivados a transformarem-se em atendimento ambulatorial. Dessa forma, uma cesariana, que acontece normalmente em um hospital menor, deverá ser encaminhada para uma casa de referência regional, sob determinação da central de regulação do Estado (no caso das cesárias e partos, a definição do hospital de destino é feita durante o pré-natal).

Transtorno
Acredito que futuramente esta proposta da Resolução 64 poderá ser melhor absorvida pela população. Porém, neste momento, está ocorrendo um grande desconforto para os diretores dos hospitais e prefeitos destas cidades que estão perdendo os serviços hospitalares de média complexidade, em detrimento da ampliação de seus hospitais. Está um pouco difícil de entende esta situação, mas como mediador dos debates, juntamente com outros deputados ligados ao setor da saúde, estamos buscando a melhor saída para este caso.

Santa Casa
Por meio do gabinete do senador Sérgio Zambiasi, o Hospital Santa Rita da Santa Casa de Misericórdia foi contemplado com recursos que possibilitaram a ampliação do Centro Cirúrgico Dr. Ricardo Kroef. Na última segunda-feira ocorreu a inauguração do setor, na presença do provedor José Sperb Sanseverino e demais diretores da Santa Casa. O local recebeu mais de R$ 7,5 milhões de investimentos, sendo que aproximadamente R$ 3 milhões, destes recursos, foram destinados pelo senador Zambiasi em 2010, através de emenda parlamentar no Ministério da Saúde.

Santa Rita
O Hospital Santa Rita é uma unidade exclusiva para tratamento e prevenção de todos os tipos de câncer. A nova área inaugurada fica no 6º andar do hospital e conta com 36 leitos de internação, além de espaços ampliados do Centro Cirúrgico Dr. Edgar Diefenthaeler e das salas de recuperação. Isso representa um crescimento de 20% no volume de cirurgias oncológicas a pacientes do SUS e de convênios. A Sala de Recuperação pós-cirúrgica acrescentou 8 novos leitos, contabilizando 20 no total.

Até breve
Anuncie há duas semanas que, devido à proximidade do período eleitoral, estarei me afastando temporariamente deste espaço, a partir de hoje. Aqui tive a oportunidade de relatar para você leitor lagoense e da região grande parte da minha atuação como teu representante no Parlamento Gaúcho. Usei esta coluna para trazer minhas experiências, minhas dúvidas e angústias, enquanto político e líder regional. Desde já agradeço pela sua leitura e pelo seu carinho. Estarei sempre por aí à sua disposição.

Bom final de semana e contem conosco!
 
Outras colunas deste Autor
01/07/2016
27/05/2016
13/05/2016
De volta às urnas - 24/10/2014
30/05/2014
23/05/2014
16/05/2014
09/05/2014
02/05/2014
25/04/2014
18/04/2014
11/04/2014
04/04/2014
28/03/2014
14/03/2014
 
   
publicidade - anuncie
   


Carlos R. Dellavalle Filho
Engenheiro Agrônomo


Joel Anzolin Muliterno
Advogado


Luciano Andrade

Outros Colunistas (...)
Loja Maçônica Atalaia do Norte tem nova administração
Foi empossada a nova administração da Loja Maçônica Atalaia do Norte de Lagoa Vermelha: Ilário Frozi, Venerável Mestre; Aldoir Nepomuceno, 1º Vigilante; e Nelson Tonon, 2º Vigilante. Os ocupantes (...)
Igrejas São Paulo e Santo Antônio celebram Corpus Christi
A celebração de Corpus Christi teve início em 1193, por iniciativa da religiosa belga Juliana de Cornellon, que disse ter visto a Virgem Maria pedindo para que ela realizasse uma grande festa com o (...)
Projeto de Lei de Sossella propõe unidade móvel para castração de cães e gatos no RS
Facilitar o controle populacional de cães e gatos no Estado é o objetivo do Projeto de Lei 73/2017, protocolado pelo deputado estadual Gilmar Sossella (PDT) na Assembleia Legislativa. Nesta terça-feir (...)
Vereadora Márcia requer informações sobre programa que beneficia gestantes
Preocupada com a qualidade de vida das gestantes e dos recém-nascidos lagoenses, a vereadora Márcia do Carmo (PSB), apresentou na última Sessão Ordinária, dia 13, pedido de informação sobre a situação (...)
Prefeitura Municipal adianta 35% do 13° salário dos servidores
Desde o início de 2017 foi realizado um planejamento financeiro através da Secretaria Municipal da Fazenda, referente à antecipação do pagamento do 13° salário. O planejamento prevê a provisão de 1/12 (...)
 
  Página Inicial | Contato | Empresa | Lagoa Vermelha

Simples.net Solucões Inteligentes