Colunistas
 
 
Luciano Andrade
 
 
06/05/2016
 
Projetos polêmicos
A Câmara de Vereadores de Lagoa Vermelha está discutindo dois projetos polêmicos, encaminhados pela Prefeitura. Os projetos tratam da implantação de um transporte coletivo urbano regular no município, e o estacionamento rotativo pago em algumas das principais ruas centrais da cidade. A repercussão de ambos os temas ganhará mais espaço a cada rodada de debates no legislativo. Mesmo com o pedido de aprovação urgente de ambos os projetos, os vereadores deverão analisar criteriosamente os temas, antes de colocar em apreciação.

Audiência Pública
O Poder Legislativo de Lagoa Vermelha promoveu uma audiência pública para debater os temas. Assim como na grande maioria das vezes em que uma reunião como esta foi convocada, a comunidade poderia ter participado mais intensamente, o que não aconteceu. Mesmo assim, houve uma avaliação positiva das ideias apresentadas.

Transporte Coletivo
Um dos objetivos é de oferecer um meio de transporte para toda a comunidade, incluindo os trabalhadores da indústria lagoense. A ideia inicial do projeto é de regulamentar o transporte dos trabalhadores das áreas industriais, já que hoje não uma concessão para a prestação deste tipo de serviço. Diversos pontos ainda permanecem sem um consenso entre os legisladores, como a idade máxima dos ônibus que serão utilizados. Pelo que foi possível notar, a tendência é de que este tema seja discutido de forma mais ágil, porém com cuidado, podendo ser apreciado com uma certa celeridade. Alguns dos vereadores acreditam que implementando o transporte coletivo urbano seja possível que não haja tanta lotação nas vagas de estacionamento nas ruas centrais, tornando possível postergar por mais um período a discussão sobre o outro projeto.

Estacionamento
Rotativo
Talvez seja o tema que mais repercuta na comunidade. Em diversas outras oportunidades me posicionei favorável a ideia de debater o tema e verificar a viabilidade de implantar algo neste sentido em Lagoa Vermelha. Não dá para entender como algumas pessoas vão trabalhar de carro, estacionam na frente do estabelecimento, tirando a vaga de um potencial cliente. Existem casos de veículos que estacionam em determinados locais, e ali permanecem até o final do dia. Pela proposta, existe um período de carência, que seria de 15 minutos. Por este período não seria necessário o pagamento de nenhuma taxa, que só passaria a ser cobrada a partir deste período. Mesmo com a tendência de que o projeto também seja aprovado, o assunto ainda será mais debatido e explorado, até que possa passar pela apreciação da Câmara de Vereadores.

Pinhão
Um dos mais tradicionais produtos da culinária serrana, no período de inverno é claro, o pinhão deverá ser escasso durante a safra deste ano. A colheita e a comercialização do produto estão liberadas no estado desde o dia 15 de abril. Conforme dados divulgados pela Emater Gaúcha, haverá uma redução na produção da semente, à exemplo do que aconteceu nos três anos anteriores. A estimativa é de que sejam comercializadas, em todo o Rio Grande do Sul entre 600 e 800 toneladas da semente. Os técnicos afirmam que a safra menor do pinhão é natural em função dos ciclos de vida da planta. Mesmo com a tendência de um produto de boa qualidade, a expectativa é de que haja uma redução de até 40% na sua produção. O excesso de chuva na florada além de invernos atípicos também estão contribuindo para a redução da produção. Em função da grande demanda por um produto mais escasso, o preço acaba ficando mais salgado. Os preços pagos ao produtor podem variar de R$ 3,50 a R$ 6,50 o quilo. Em alguns lugares do estado o pinhão chega a ser comercializado a quase R$ 10 o quilo.

Festa do Pinhão
O evento tradicional da cidade de Muitos Capões, que neste ano chega à sua 10ª edição também foi um pouco prejudicado. A pouca oferta de produto na cidade dificultou a aquisição do pinhão, por parte da comissão organizadora, para abastecer as atrações do evento. A Festa do Pinhão é promovido pela Prefeitura de Muitos Capões, em parceria com o CTG Planalto Capoense. As principais atividades se concentram desta sexta-feira, dia 06, até o domingo, dia 08. Entre as atividades previstas estão o 2º Festival Nativista Canto do Charão, Exposição e Remate de Cavalos Crioulos, provas artísticas e campeiras, um jantar com pratos á base de pinhão, Concurso Regional do Queijo Serrano entre outras atrações. O evento também prevê a realização de diversos shows como João Luiz Correia, Buenas e M’espalho e Banda Passarela.

IPTU
Restam poucos dias para o contribuinte de Lagoa Vermelha pagar o Imposto Predial e Territorial Urbano em cota única com desconto, ou o primeiro vencimento do parcelamento do tributo. O prazo encerra na próxima quarta-feira, dia 11. O desconto máximo, para o pagamento em cota única pode alcançar 20%. Para atender a demanda dos próximos dias, um sistema de plantão foi montado pela equipe da Secretaria Municipal da Fazenda. No sábado, dia 7, o trabalho será até as 17h, sem fechar ao meio dia. Na terça-feira, dia 10, feriado municipal o trabalho também acontece das 8h às 17h, sem fechar ao meio dia. Conforme os dados divulgados durante esta semana, cerca de 20% dos contribuintes já quitaram o IPTU, o que representa quase o dobro do registrado no mesmo período do ano passado.

Dia das Mães
Considerado o segundo Natal do ano para o comércio, a movimentação deste ano parece estar um tanto discreta, comparativamente com anos anteriores. A dificuldade econômica por qual passa boa parte da população tem influenciado diretamente, não só no comércio, de uma forma geral, mas também em outros segmentos como o de serviços, de produção industrial. Os lojistas até estão se esforçando para atrair a clientela, mas mesmo com as promoções e ações especiais, a tendência é de que a movimentação seja menor do que em outros anos. Neste sábado, o comércio estará funcionando no período da tarde, justamente para tentar facilitar a compra dos presentes para as mamães.
 
Outras colunas deste Autor
01/07/2016
24/06/2016
17/06/2016
10/06/2016
03/06/2016
27/05/2016
20/05/2016
13/05/2016
06/05/2016
29/04/2016
22/04/2016
15/04/2016
08/04/2016
01/04/2016
25/03/2016
 
   
publicidade - anuncie
   


Juliana Chilanti Tonial
Advogada especialista em Direito Civil. Mestrada em Direito Ambiental - UCS


Oscar Menna Barreto Grau
Médico Veterinário


Fabiana Rankrape

Outros Colunistas (...)
Audiência Pública discutirá a despesa do município para o exercício de 2018
Na próxima quinta-feira, 23 de novembro, às 19h, será realizada uma audiência pública no Plenário Nady Maria Castellano. Na oportunidade, será analisado e discutido o Projeto de Lei que estima a rece (...)
PDT Lagoa Vermelha recebe lideranças e pré-candidato ao Governo do Estado
Os vereadores do Partido Democrático Trabalhista (PDT), de Lagoa Vermelha, Ariovaldo Carlos da Silva, José Mário Ceni Barreto, Ranyeri Bozza e Vicente Durigon, recepcionaram líderes políticos nacionai (...)
Secretaria da Agricultura abre inscrições para construção de silos
A Secretaria Municipal da Agricultura e Meio Ambiente de Lagoa Vermelha abre o período de inscrições para a construção de silos do tipo trincheiras ou limpeza dos já existentes. As inscrições irão até (...)
Sub 13 do Lagoa Futsal vence três confrontos
Jogando pela Copa Amunor, na quarta-feira, 15 de novembro, no Adolfo Stella, a categoria de Base Sub 13 do Lagoa Futsal venceu os três confrontos: Lagoa Futsal 3 x 0 Muitos Capões, Lagoa Futsal 15 x (...)
Câmara: Brigada Militar recebe homenagem pelos 180 anos
Poder Legislativo de Lagoa Vermelha, sob a presidência do vereador Ranyeri Bozza, realizou, na terça-feira, 14, sessão solene em homenagem aos 180 anos da Brigada Militar no Estado do Rio Grande do Su (...)
 
  Página Inicial | Contato | Empresa | Lagoa Vermelha

Simples.net Solucões Inteligentes