Colunistas
 
 
Grieco Rodrigo Bossardi
Doutorado em Administração - Professor Universitário - Contador
 
 
Descanso em finais de Semana - 12/02/2016
 
A área rural em Atibaia Interior de São Paulo, utilizada em média, 87 vezes por ano, nos últimos 04 anos, pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, foi formalizada no escritório do advogado e empresário Roberto Teixeira, compadre do petista, no bairro dos Jardins, em São Paulo.
O imóvel custou R$ 1,5 milhão, em outubro de 2010, dos quais R$ 100 mil (R$ 143 mil em valores atuais) foram pagos em dinheiro em espécie.
As informações constam das escrituras de compra e venda das duas áreas que compõem o imóvel de 173 mil m², investigado pela Operação Lava Jato sob suspeita de ter sido reformado a mando de empreiteiras que tiveram ex-executivos condenados na Justiça por envolvimento no esquema de desvios e de propinas da Petrobras.
Segundo o documento, Fernando Bittar, filho do ex-prefeito de Campinas (SP) Jacó Bittar, amigo de Lula, pagou R$ 500 mil por uma parte do sítio e Jonas Suassuna, primo do ex-senador Ney Suassuna, arcou com R$ 1 milhão. Ambos são sócios de Fábio Luís Lula da Silva, o Lulinha, filho de Lula.
Dos R$ 500 mil pagos por Bittar, R$ 100 mil foram "recebidos em moeda corrente nacional". O restante foi pago em dois cheques do Banco do Brasil.
O negócio foi formalizado no dia 29 de outubro de 2010, dois dias antes da eleição da presidente Dilma Rousseff, no 19.º andar de um prédio de escritórios na Rua Padre João Manoel, nos Jardins. O endereço é o do escritório de Teixeira.
Teixeira é amigo de Lula desde os anos 1980 e padrinho de Luís Cláudio, caçula de Lula. Durante anos o ex-presidente morou em uma casa pertencente ao empresário em São Bernardo.
Teixeira também intermediou a compra da cobertura duplex onde Lula mora atualmente em São Bernardo do Campo e é proprietário do apartamento, onde vive Luís Cláudio.
Há ainda informações de que o agrimensor Cláudio Benatti, disse ter sido contratado por Teixeira em 18 de dezembro de 2010 para começar os serviços no sítio em 20 de janeiro de 2011, em caráter de urgência. Lula deixou o Planalto naquele mês e parte da sua mudança foi levada para o local. Benatti deve prestar depoimento na semana que vem à Lava Jato.

Contrato Informal
Conforme os documentos do sítio, a compra havia sido fechada pelo menos dois meses antes, no dia 5 de agosto de 2010, por meio de um Instrumento Particular de Compra e Venda firmado entre os compradores e o antigo dono, Adalton Santarelli, um comerciante de São Paulo.
O sítio usado por Lula e sua família em Atibaia é alvo de investigação da Operação Lava Jato. Segundo relatos de comerciantes locais e prestadores de serviço, parte da reforma foi bancada pelas empreiteiras OAS e Odebrecht, ambas investigadas pela Lava Jato.
A chegada da Lava Jato mudou a rotina do bairro do Portão, em Atibaia, limite entre a cidade e a área rural onde fica o sítio usado pelo ex-presidente. Vizinhos e comerciantes da região têm sido questionados pelos procuradores do Ministério Público Federal sobre a frequência das visitas, rotina e companhias do petista no local.
No depósito Dias, que forneceu parte do material para a reforma do imóvel, em 2011, os procuradores realizaram duas buscas de documentos e notas fiscais da época. O atual dono, Nestor Neto, que assumiu a loja em 2014, afirmou que o objetivo era encontrar provas e buscar novas informações.
Há suspeita de que a Odebrecht pagou parte da conta. "Os procuradores analisaram algumas documentações antigas, como notas e comprovantes, que ainda estavam na loja. Acessaram salas que estavam fechadas pelo dono do prédio e eu não tinha mais acesso", disse Neto. Duas atendentes da padaria Iannuzzi, que fica no acesso ao sítio, dizem que a ex-primeira-dama Marisa Letícia comprava no local.

A Defesa
O advogado e empresário Roberto Teixeira disse, por meio de sua assessoria, que a escritura do sítio usado pelo ex-presidente Lula em Atibaia foi lavrada em seu escritório porque Fernando Bittar e Jonas Suassuna são clientes antigos do escritório.
“Ambos já eram nossos clientes”, disse ele por e-mail. Teixeira contradiz a escritura ao falar sobre os R$ 100 mil pagos em espécie. Segundo ele, o valor foi pago com o cheque administrativo 218 do Banco do Brasil. “A compra foi paga mediante cheques administrativos pelo valor total da venda, identificados na escritura”, afirmou.
A escritura, entretanto, deixa claro que Suassuna pagou R$ 1 milhão em cheque e Bittar quitou R$ 400 mil também em cheque e R$ 100 mil “em moeda corrente”.

O Corromper
O verbo corromper (do latim e grego), tem como significado “tornar-se podre na calúnia e manter o podre ou caluniado no poder do corrupto e corruptor.
Diz-se que, é pressuposto necessário para que haja corrupção, a ausência de interesse ou compromisso com o bem comum, pois, a corrupção social ou estatual é caracterizada pela incapacidade moral dos cidadãos de assumir compromissos objetivando o bem comum. Indiretamente, estes são incapazes da fazer coisas que não lhes tragam uma gratificação ou vantagem pessoal.
Há muito tempo, não existe mais pudor por parte dos corruptores e paciência por parte da população. Ao ouvir e presenciar tamanho escancaro com o patrimônio e dinheiro público, fica difícil esperar que a situação se reverta. Foram dezenas de anos para criar-se um mínimo de estabilidade econômica, e alguns poucos para fazer ruir toda a sustentação anteriormente fundamentada.
Não obstante isso, sequer vemos uma solução a médio ou longo prazo, tampouco os líderes políticos com um planejamento ou visão que realmente traga fatores de solução para o que vivemos hoje. Porém, enquanto há vida, temos que manter a força do trabalho, da esperança e muita perseverança para que este momento tão difícil e crítico passe.

“A esperança seria a maior das forças humanas, se não existisse o desespero”.
Victor Hugo
 
Outras colunas deste Autor
01/07/2016
Tempo e vida: algumas indagações - 17/06/2016
Desemprego sobe no brasil - 03/06/2016
Banco Central acompanha nove bancos do SFN - 20/05/2016
As crises econômicas que mudaram o rumo da economia mundial - 06/05/2016
Alavanca para a retomada da economia será a infraestrutura - 22/04/2016
Projeções e cenário industrial - 08/04/2016
A sobra de energia no país e suas conquências - 25/03/2016
Sem pudor, sem poder, sem rumo, sem prumo - 11/03/2016
Armínio Fraga se manifesta sobre o atual momento Econômico do País - 26/02/2016
Descanso em finais de Semana - 12/02/2016
Com a atual conjuntura econômica, mais de 3,5 milhões de brasileiros caem da Classe C - 15/01/2016
Confiança da indústria aumenta em dezembro - 01/01/2016
Banco Central trabalha para metas de inflação em 2017 - 18/12/2015
Vale do Rio Doce receberá investimento em 2016 - 04/12/2015
 
   
publicidade - anuncie
   


Oscar Menna Barreto Grau
Médico Veterinário


Victor Hugo Muraro Filho
Advogado


Mariluci Melo Ferreira

Outros Colunistas (...)
Secretaria da Agricultura abre inscrições para construção de silos
A Secretaria Municipal da Agricultura e Meio Ambiente de Lagoa Vermelha abre o período de inscrições para a construção de silos do tipo trincheiras ou limpeza dos já existentes. As inscrições irão até (...)
Sub 13 do Lagoa Futsal vence três confrontos
Jogando pela Copa Amunor, na quarta-feira, 15 de novembro, no Adolfo Stella, a categoria de Base Sub 13 do Lagoa Futsal venceu os três confrontos: Lagoa Futsal 3 x 0 Muitos Capões, Lagoa Futsal 15 x (...)
Câmara: Brigada Militar recebe homenagem pelos 180 anos
Poder Legislativo de Lagoa Vermelha, sob a presidência do vereador Ranyeri Bozza, realizou, na terça-feira, 14, sessão solene em homenagem aos 180 anos da Brigada Militar no Estado do Rio Grande do Su (...)
Poder Público e entidades empresariais preparam a Expolagoa 2018
Na tarde de terça-feira, 14, na sede da CICAS, na presença da imprensa, o secretário da Indústria e Comércio, João Paulo Salvador, juntamente com o Sindilojas, Sicom, Cicas e Sindilojas, realizou o la (...)
Ricardo Machado compete em São Paulo
O ciclista da Universidade de Passo Fundo (UPF) Ricardo Machado participará, no próximo sábado, 18 de novembro, do MTB 12 Horas. A ser realizada em São Paulo, a competição de longa duração é considera (...)
 
  Página Inicial | Contato | Empresa | Lagoa Vermelha

Simples.net Solucões Inteligentes