Colunistas
 
 
Grieco Rodrigo Bossardi
Doutorado em Administração - Professor Universitário - Contador
 
 
Banco Central acompanha nove bancos do SFN - 20/05/2016
 
O Banco Central do Brasil, mantém nove bancos sob “acompanhamento especial”, objetivando verificar suas operações em função de questões como liquidez e estabilidade.
O documento, uma apresentação preparada para uma reunião do Comitê de Estabilidade Financeira (Comef) do Banco Central, informa que os bancos pequenos sob acompanhamento especial incluem Banif, Máxima, Ficsa, Gerador, Pottencial, Mercantil do Brasil, BPN Brasil e Pan.
O acompanhamento mais específico a estas instituições, remete a preocupação que o Banco Central tem com a excessiva alavancagem, perdas recorrentes, dificuldade de venda de ativos e riscos reputacionais poderiam eventualmente ameaçar a estabilidade das instituições financeiras.
A lista inclui ainda o BTG Pactual, na lista dos fortes resgates que o banco sofreu após a prisão em novembro do controlador e presidente do grupo André Esteves, na da operação Lava Jato.
As instituições sob acompanhamento especial representam pouco, ou quase nada de presença no varejo bancário e têm atuação concentrada em nichos como financiamento imobiliário, crédito consignado e voltado a pequenas e médias empresas.
Mesmo assim, o foco do Banco Central e os critérios para liberação de novos empréstimos e distribuição de dividendos refletem a determinação do mesmo em manter o sistema bancário brasileiro bem capitalizado, enquanto a pior recessão econômica no país em décadas restringe o crédito e eleva a inadimplência.
A princípio a instituição não se manifesta, indagando manter sob sigilo os motivos e informações em relação ao acompanhamento das referidas instituições.
A maioria dos bancos acompanhados, confirma ter mantido contato com o Banco Central, direcionando as preocupações da autoridade monetária e fortalecendo seus balanços através da venda de ativos, aperfeiçoando as práticas de crédito ou, em última instância, avaliando a venda do banco. Outras instituições financeiras se recusaram a fazer comentários.
Esta circunstância, de estar sob acompanhamento do Banco Central, não significa necessariamente que a solvência do banco está em questão.
A própria apresentação do órgão, aborda três níveis distintos de preocupação, sob as cores amarela, laranja e vermelha, sem especificar os critérios de cada categoria.
Existem afirmações de que sempre há bancos em observação, sob a alçado do Banco Central, e é de se esperar que durante a recessão econômica a lista aumente.
Com a queda de 3,8% do Produto Interno Bruto (PIB) em 2015, o sistema bancário do país permanece robusto.
Os 130 bancos brasileiros, partilharam o retorno sobre o seu patrimônio líquido, aumentar de 15,4% em 2015 para contra 13% em 2014.
Mesmo com o aumento das provisões para créditos de liquidação duvidosa no ano passado, o índice médio de Basileia, que diz respeito ao requerimento mínimo de capital, encerrou 2015 em 16,3% para os bancos no país, bastante acima do patamar mínimo de 11% exigido no Brasil e confortavelmente superior à recomendação internacional de pelo menos 8%.
“Vá até onde a sua vista alcançar e, ao chegar lá, você conseguirá enxergar mais longe.”
John Pierpont Morgan, banqueiro, financista e colecionador de arte americano. Dominou as finanças corporativas e industrial durante o seu tempo. Em 1892, Morgan promoveu a fusão da Edison General Electric e Thomson-Houston Electric Company para formar a General Electric. Depois de financiar a criação da Companhia Siderúrgica Federal, ele fundiu em 1901 com a Carnegie Steel Company e várias outras empresas de aço e ferro, incluindo consolidada de aço e fio da Companhia detidas por William Edenborn, para formar a United States Steel Corporation. Deve-se a Morgan, a ascensão norte-americana nos mercados de produção de energia, ferro e aço, com as construções de Ferrovias e idealizações da logística daquele País.
 
Outras colunas deste Autor
01/07/2016
Tempo e vida: algumas indagações - 17/06/2016
Desemprego sobe no brasil - 03/06/2016
Banco Central acompanha nove bancos do SFN - 20/05/2016
As crises econômicas que mudaram o rumo da economia mundial - 06/05/2016
Alavanca para a retomada da economia será a infraestrutura - 22/04/2016
Projeções e cenário industrial - 08/04/2016
A sobra de energia no país e suas conquências - 25/03/2016
Sem pudor, sem poder, sem rumo, sem prumo - 11/03/2016
Armínio Fraga se manifesta sobre o atual momento Econômico do País - 26/02/2016
Descanso em finais de Semana - 12/02/2016
Com a atual conjuntura econômica, mais de 3,5 milhões de brasileiros caem da Classe C - 15/01/2016
Confiança da indústria aumenta em dezembro - 01/01/2016
Banco Central trabalha para metas de inflação em 2017 - 18/12/2015
Vale do Rio Doce receberá investimento em 2016 - 04/12/2015
 
   
publicidade - anuncie
   


Juliana Chilanti Tonial
Advogada especialista em Direito Civil. Mestrada em Direito Ambiental - UCS


Grieco Rodrigo Bossardi
Doutorado em Administração - Professor Universitário - Contador


Victor Hugo Muraro Filho
Advogado

Outros Colunistas (...)
Capão Bonito do Sul sediou 2º Seminário Regional sobre Pecuária de Corte
Pensando em trazer algo inovador para os pecuaristas do município e região durante a programação da Semana do Município de Capão Bonito do Sul, a secretaria da Agricultura em parceria com a Emater/RS- (...)
Ibiraiaras/Caseiros: Acidente causa uma morte e deixa três feridos
Por volta de 5h30min da madrugada deste sábado, no km 57 da ERS 126, entre os municípios de Caseiros e Ibiraiaras, um acidente de trânsito deixou uma vítima fatal e três pessoas feridas. Segundo o (...)
Em andamento, Copa ABAMF de Integração de Esportes
Em sua 20ª edição, neste sábado, teve início a vigésima edição da Copa ABAMF de Integração de Esportes. Várias modalidades esportivas estão sendo disputadas e algumas premiações já foram entregues n (...)
Ponte sobre o Rio Bernardo José é inaugurada
Depois de 25 anos de espera, a ponte sobre o Rio Bernardo José, no limite entre os municípios de Capão Bonito do Sul e Esmeralda é inaugurada nesta sexta-feira, 20. O ato contou com a presença do pref (...)
Associação Amigos da Casa da Cultura realiza Reunião Ordinária
Na próxima terça-feira, dia 24, a diretoria da Associação Amigos da Casa da Cultura de Lagoa Vermelha, convoca seus membros fundadores, associados e apoiadores para Reunião Ordinária. A reunião tra (...)
 
  Página Inicial | Contato | Empresa | Lagoa Vermelha

Simples.net Solucões Inteligentes