Colunistas
 
 
Fabiana Rankrape
Folha Rural
Folha Rural
 
 
A importância da qualidade da água na Produção Animal - 16/10/2015
 
A água depois do oxigênio é o nutriente essencial mais importante para os seres vivos. O leite contém 87% de água e no corpo do bovino adulto representa 70%, podendo chegar até 90% em animal recém-nascido. Dessa forma, no balanceamento da dieta a água é um componente essencial que não deve ser esquecido. Uma vez que a redução da ingestão de água reduz a ingestão de alimentos e o desempenho dos animais.
A água deve ser limpa, fresca, possuir níveis baixos de sólidos, alcalinidade e ser isenta de compostos tóxicos. Nos bovinos tem a função de nutrição do tecido celular e de compensar as perdas ocorridas pelo leite, fezes, urina, saliva, suor e também na manutenção da homeotermia, regulando a temperatura interna do corpo e dos órgãos. A exigência de consumo diário varia de acordo com a temperatura ambiente, peso vivo, categoria animal e níveis de produção.
A restrição de água para vacas leiteiras provoca redução no consumo de alimentos, queda na produção de leite e no peso dos animais. Pesquisas mostram que a restrição hídrica por 48 horas em vacas em lactação, reduziu em 35% o consumo de alimentos, 12% o peso corporal e 30% a produção de leite. Demonstrando efeitos prejudiciais no desempenho, saúde e bem-estar dos animais.
O ideal é que sejam disponibilizados bebedouros tanto na sala de espera para ordenha, como em piquetes de pastagens ou áreas de descanso, pois pesquisas mostram aumento de 5% na produção de leite, quando os animais não precisam percorrer mais de 600 m em busca de água.
Sendo assim, recomenda-se que a distribuição dos bebedouros facilite o acesso dos animais, o fluxo de água nos bebedouros deve permitir renovação de pelo menos duas vezes ao dia e devem ser dimensionados para que um número maior de animais adultos possam beber simultaneamente, evitando competição. A água sendo um nutriente essencial para os animais deve ser fornecida em quantidade e qualidades aos mesmos. A ingestão insuficiente de água pode acarretar problemas de sanidade, prejudicando a qualidade da carne e leite, assim gerando perdas econômicas.
 
Outras colunas deste Autor
Sistema de confinamento Compost Barn - 24/06/2016
Criação e produção de ovinos - 29/04/2016
O consumo de carne suína - 15/04/2016
Qualidade do leite - 01/04/2016
Qual o efeito do estresse térmico no desempenho de bovinos? - 19/02/2016
Produção animal em pastagem nativa - 05/02/2016
Como evitar perdas no processo de ensilagem? - 24/12/2015
Planejamento das atividades Agropecuárias - 27/11/2015
Rio Grande do Sul votará lei para impedir fraudes com o leite - 13/11/2015
A importância da qualidade da água na Produção Animal - 16/10/2015
Controle das cigarrinhas-das-pastagens - 02/10/2015
Mormo e o desfile da Semana Farroupilha - 04/09/2015
Nutrição animal - 21/08/2015
Interação genótipo-ambiente - 07/08/2015
Bem-estar animal, por que se preocupar? - 24/07/2015
 
   
publicidade - anuncie
   


Mariluci Melo Ferreira


Terezinha do Carmo
Pedagoga


Victor Hugo Muraro Filho
Advogado

Outros Colunistas (...)
Justiça Federal determina multa de R$ 1.000,00 por hora para quem bloquear rodovias federais gaúchas

Na manhã desta quinta (24), a Justiça Federal -  TRF-4 concedeu liminar em favor da União visando garantir o direito de livre circulação.

Demandada (...)

Presidente do Legislativo participa da organização de evento que busca oportunidades de emprego aos lagoenses

O presidente do Legislativo, Braulio Guedes (PTB), participou nesta quarta-feira (23), de uma reunião a fim de organizar o Empregar RS. O evento acontecerá no dia 15 de junho, das 9h (...)

Mesa Diretora busca a instalação de abrigo para a Rodoviária

Na sessão ordinária desta segunda-feira (21), o presidente Braulio Guedes (PTB), representando a Mesa Diretora do Legislativo, formalizou pedido de providência ao Executivo Muni (...)

Ruth fiscaliza andamento das Obras

 Na manhã de terça-feira(22), a vereadora do Progressista, Ruth Bussolotto acompanhou o andamento do trabalho da Secretaria de Obras e Viação. Junto com o secret&aa (...)

Mais pinheiros, mais pinhas, mais pinhão: a produção sustentável da araucária

O que resta é cerca de 3% das araucárias que habitavam o Brasil entre 1800 e 1900, quando começou o ciclo da madeira e iniciou a exploração dessa árvore, a (...)

 
  Página Inicial | Contato | Empresa | Lagoa Vermelha

Simples.net Solucões Inteligentes