Colunistas
 
 
Mariluci Melo Ferreira
 
 
As fronteiras do Brasil e o legado de Rio Branco - 25/03/2016
 
O dia 21 de março de 1903 foi decisivo para a definição das fronteiras entre o Brasil, o Peru e a Bolívia. Naquela data o então presidente boliviano, General Pando concordou com a ocupação e a administração brasileira na região do atual estado do Acre, até a conclusão dos termos do acordo diplomático que culminaria com o Tratado de Petrópolis, assinado em dezembro daquele ano. Esse acordo foi apenas mais que resultou de incansáveis estudos e dedicação do Barão do Rio Branco, como Ministro das Relações Exteriores.
José Maria da Silva Paranhos Júnior, mais conhecido como Barão do Rio Branco nasceu em 1845. Foi diplomata, advogado, geógrafo e historiador brasileiro. Bacharel em Direito pela Faculdade do Recife, promotor público, deputado federal, Consul Geral do Brasil em Liverpool em 1876 e Ministro das Relações Exteriores. Foi incansável nas definições fronteiriças entre o Amapá e a Guiana Francesa, entre Santa Catarina e Paraná contra a Argentina e entre o Acre e a Bolívia.
Além dos feitos políticos, o Barão do Rio Branco ocupou a 34ª cadeira da Academia Brasileira de Letras. Era Ministro do Brasil em Berlim quando foi convidado pelo Presidente Rodrigues Alves para dirigir a Pasta das Relações Exteriores. Pela sua competência e dedicação permaneceu nesta função durante o mandato de 4 presidentes.
Grande figura nacional, Barão do Rio Branco era um homem solitário, passava noites em claro trabalhando a serviço do Brasil, em escrivaninhas repletas de papeis que ninguém tinha autorização para arrumar. Coordenando negociações de tratados que garantiram ao Brasil territórios como o Acre, o barão era um personagem conservador e surpreendente para a sua época. Em sua homenagem, a capital daquele estado recebeu o nome de Rio Branco.
Segundo o “Dossiê Fronteiras do Brasil”, da Revista Nossa História (2005), Barão do Rio Branco “deu à República algumas de suas mais expressivas vitórias diplomáticas. Fidalgo que figurava na sociedade como solteirão (...) na verdade era casado com uma atriz belga, contra a vontade do pai, teve uma vida familiar oculta (com ela teve cinco filhos)”. Barão do Rio Branco trabalhando para o país e não para os governantes, traçou diretrizes que, pela sua eficácia, se eternizaram na política externa nacional.
 
Outras colunas deste Autor
01/07/2016
Tradições indígenas e europeias na origem das festas juninas - 24/06/2016
Grande oriente do brasil - 194 anos de história - 17/06/2016
Contestado: Caboclos em guerra - Parte III - 10/06/2016
Contestado: Caboclos em guerra - Parte II - 03/06/2016
Contestado: Caboclos em guerra - 27/05/2016
Um quarto de século... - 20/05/2016
Impeachment na história - 13/05/2016
Enfim, a emancipação de Lagoa Vermelha - 06/05/2016
Dia do trabalho na história do Brasil - 29/04/2016
Tiradentes: de líder rebelde à Patrono da Nação - 22/04/2016
Liberdade ainda que tardia - 15/04/2016
“Vem chuva?” História da meteorologia no Brasil - 08/04/2016
Quando uma campanha de vacinação virou caso de polícia - 01/04/2016
As fronteiras do Brasil e o legado de Rio Branco - 25/03/2016
 
   
publicidade - anuncie
   


Cláudio Júnior Damin
Cientista Político


Grieco Rodrigo Bossardi
Doutorado em Administração - Professor Universitário - Contador


Oscar Menna Barreto Grau
Médico Veterinário

Outros Colunistas (...)
Audiência Pública discutirá a despesa do município para o exercício de 2018
Na próxima quinta-feira, 23 de novembro, às 19h, será realizada uma audiência pública no Plenário Nady Maria Castellano. Na oportunidade, será analisado e discutido o Projeto de Lei que estima a rece (...)
PDT Lagoa Vermelha recebe lideranças e pré-candidato ao Governo do Estado
Os vereadores do Partido Democrático Trabalhista (PDT), de Lagoa Vermelha, Ariovaldo Carlos da Silva, José Mário Ceni Barreto, Ranyeri Bozza e Vicente Durigon, recepcionaram líderes políticos nacionai (...)
Secretaria da Agricultura abre inscrições para construção de silos
A Secretaria Municipal da Agricultura e Meio Ambiente de Lagoa Vermelha abre o período de inscrições para a construção de silos do tipo trincheiras ou limpeza dos já existentes. As inscrições irão até (...)
Sub 13 do Lagoa Futsal vence três confrontos
Jogando pela Copa Amunor, na quarta-feira, 15 de novembro, no Adolfo Stella, a categoria de Base Sub 13 do Lagoa Futsal venceu os três confrontos: Lagoa Futsal 3 x 0 Muitos Capões, Lagoa Futsal 15 x (...)
Câmara: Brigada Militar recebe homenagem pelos 180 anos
Poder Legislativo de Lagoa Vermelha, sob a presidência do vereador Ranyeri Bozza, realizou, na terça-feira, 14, sessão solene em homenagem aos 180 anos da Brigada Militar no Estado do Rio Grande do Su (...)
 
  Página Inicial | Contato | Empresa | Lagoa Vermelha

Simples.net Solucões Inteligentes