Colunistas
 
 
Mariluci Melo Ferreira
 
 
Tiradentes: de líder rebelde à Patrono da Nação - 22/04/2016
 
Tiradentes era o apelido do mineiro Joaquim José da Silva Xavier, um alferes (patente militar da época colonial) que também aprendeu a profissão de dentista prático. Viveu na região de Minas Gerais no final do século XVIII e participou ativamente da Inconfidência Mineira, um dos principais movimentos contrários à dominação portuguesa.
A Inconfidência Mineira (1788 e 1789), foi embalada pelos ideais Iluministas de Liberdade, Igualdade e Humanidade, os mesmos que inspiraram a Revolução Francesa (1789) e tantos outros pela independência dos países da América. Entregues pelo devedor de tributos Silvério dos Reis em troca do suposto perdão de suas dívidas, todos os inconfidentes foram presos e expulsos do Brasil. Apenas Tiradentes foi preso, enforcado e esquartejado no dia 21 de abril de 1792. Não bastasse essa cruel condenação, o inconfidente foi sentenciado com a “morte para sempre”: sua casa foi derrubada, seu terreno salgado para que nada mais vingasse nele e seus descendentes foram declarados infames. A intenção da sentença era matar também a memória de Tiradentes.
Até 1830 no Brasil, as penas para os condenados eram determinadas pelas Ordenações Filipinas, criadas pelo rei português Felipe II, assim era normal que a pena de morte fosse acompanhada por tortura, decepamento de membros e esquartejamento. Somente em 1830, quando o Brasil já era independente de Portugal é que entrou em vigor o Código Criminal do Império. Manteve-se a pena de morte pela forca, mas proibiu-se a tortura e exposição de cadáveres. Somente com o advento da República em 1889 e a Constituição de 1891 é que a pena de morte deixou oficialmente de existir. Por muitos anos o 21 de abril foi lembrado como o dia em que um rebelde revolucionário foi enforcado. Porém, após a Proclamação da República, era necessário criar um personagem capaz de sustentar simbolicamente a República, em oposição ao Império e a herança portuguesa. Assim a imagem de Tiradentes começou a ser recuperada como mártir e herói da Nação Brasileira, que lutou até a morte pela liberdade. Imagem que ainda hoje permanece no imaginário popular dos brasileiros. Em 1965, o então presidente da República marechal Castelo Branco sancionou a Lei nº 4.897 instituindo o dia 21 de abril como feriado nacional e Tiradentes como o Patrono da Nação Brasileira.
 
Outras colunas deste Autor
01/07/2016
Tradições indígenas e europeias na origem das festas juninas - 24/06/2016
Grande oriente do brasil - 194 anos de história - 17/06/2016
Contestado: Caboclos em guerra - Parte III - 10/06/2016
Contestado: Caboclos em guerra - Parte II - 03/06/2016
Contestado: Caboclos em guerra - 27/05/2016
Um quarto de século... - 20/05/2016
Impeachment na história - 13/05/2016
Enfim, a emancipação de Lagoa Vermelha - 06/05/2016
Dia do trabalho na história do Brasil - 29/04/2016
Tiradentes: de líder rebelde à Patrono da Nação - 22/04/2016
Liberdade ainda que tardia - 15/04/2016
“Vem chuva?” História da meteorologia no Brasil - 08/04/2016
Quando uma campanha de vacinação virou caso de polícia - 01/04/2016
As fronteiras do Brasil e o legado de Rio Branco - 25/03/2016
 
   
publicidade - anuncie
   


Ronaldo Santini
Deputado Estadual


Mariluci Melo Ferreira


Joel Anzolin Muliterno
Advogado

Outros Colunistas (...)
Vereador Durigon solicita informações sobre o Hospital São Paulo
Em atendimento a solicitação do Vereador Vicente Durigon (PDT), por meio de Requerimento Verbal, um ofício foi encaminhado à Fundação Araucária, solicitando que a Instituição informe o total de valore (...)
Irresponsabilidade da oposição penalizará 15 milhões de trabalhadores, alerta Ana Amélia
A promessa de líderes da oposição de que irão obstruir todas votações em protesto contra o governo penalizará 15 milhões de trabalhadores que ainda não efetuaram o saque das suas contas inativas do FG (...)
Relatório de Gestão do SUS é apresentado em São Jorge
Na última sessão ordinária do Poder Legislativo, realizada no dia 18, na Câmara Municipal de Vereadores de São Jorge, além da pauta do dia, os vereadores e comunidade presente, acompanhou a apresentaç (...)
Projeto de Marcelo Sgarbossa recebe prêmio em Porto Alegre
O vereador Marcelo Sgarbossa recebeu o Prêmio Destaque em Saúde em solenidade realizada nesta quinta-feira (18/5), na Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre (UFCSPA) devido a Lei 12 (...)
Vereador Braulio representa Legislativo na VI Conferência Municipal da Saúde
Nesta sexta-feira (19), o Governo Municipal promoveu no anfiteatro da Casa da Cultura, a VI Conferência Municipal da Saúde. Durante o evento, foram realizadas palestras sobre proteção da criança e ado (...)
 
  Página Inicial | Contato | Empresa | Lagoa Vermelha

Simples.net Solucões Inteligentes