Colunistas
 
 
Mariluci Melo Ferreira
 
 
Tiradentes: de líder rebelde à Patrono da Nação - 22/04/2016
 
Tiradentes era o apelido do mineiro Joaquim José da Silva Xavier, um alferes (patente militar da época colonial) que também aprendeu a profissão de dentista prático. Viveu na região de Minas Gerais no final do século XVIII e participou ativamente da Inconfidência Mineira, um dos principais movimentos contrários à dominação portuguesa.
A Inconfidência Mineira (1788 e 1789), foi embalada pelos ideais Iluministas de Liberdade, Igualdade e Humanidade, os mesmos que inspiraram a Revolução Francesa (1789) e tantos outros pela independência dos países da América. Entregues pelo devedor de tributos Silvério dos Reis em troca do suposto perdão de suas dívidas, todos os inconfidentes foram presos e expulsos do Brasil. Apenas Tiradentes foi preso, enforcado e esquartejado no dia 21 de abril de 1792. Não bastasse essa cruel condenação, o inconfidente foi sentenciado com a “morte para sempre”: sua casa foi derrubada, seu terreno salgado para que nada mais vingasse nele e seus descendentes foram declarados infames. A intenção da sentença era matar também a memória de Tiradentes.
Até 1830 no Brasil, as penas para os condenados eram determinadas pelas Ordenações Filipinas, criadas pelo rei português Felipe II, assim era normal que a pena de morte fosse acompanhada por tortura, decepamento de membros e esquartejamento. Somente em 1830, quando o Brasil já era independente de Portugal é que entrou em vigor o Código Criminal do Império. Manteve-se a pena de morte pela forca, mas proibiu-se a tortura e exposição de cadáveres. Somente com o advento da República em 1889 e a Constituição de 1891 é que a pena de morte deixou oficialmente de existir. Por muitos anos o 21 de abril foi lembrado como o dia em que um rebelde revolucionário foi enforcado. Porém, após a Proclamação da República, era necessário criar um personagem capaz de sustentar simbolicamente a República, em oposição ao Império e a herança portuguesa. Assim a imagem de Tiradentes começou a ser recuperada como mártir e herói da Nação Brasileira, que lutou até a morte pela liberdade. Imagem que ainda hoje permanece no imaginário popular dos brasileiros. Em 1965, o então presidente da República marechal Castelo Branco sancionou a Lei nº 4.897 instituindo o dia 21 de abril como feriado nacional e Tiradentes como o Patrono da Nação Brasileira.
 
Outras colunas deste Autor
01/07/2016
Tradições indígenas e europeias na origem das festas juninas - 24/06/2016
Grande oriente do brasil - 194 anos de história - 17/06/2016
Contestado: Caboclos em guerra - Parte III - 10/06/2016
Contestado: Caboclos em guerra - Parte II - 03/06/2016
Contestado: Caboclos em guerra - 27/05/2016
Um quarto de século... - 20/05/2016
Impeachment na história - 13/05/2016
Enfim, a emancipação de Lagoa Vermelha - 06/05/2016
Dia do trabalho na história do Brasil - 29/04/2016
Tiradentes: de líder rebelde à Patrono da Nação - 22/04/2016
Liberdade ainda que tardia - 15/04/2016
“Vem chuva?” História da meteorologia no Brasil - 08/04/2016
Quando uma campanha de vacinação virou caso de polícia - 01/04/2016
As fronteiras do Brasil e o legado de Rio Branco - 25/03/2016
 
   
publicidade - anuncie
   


Fabiana Rankrape


Cláudio Júnior Damin
Cientista Político


Joel Anzolin Muliterno
Advogado

Outros Colunistas (...)
Ibiraiaras na Assembleia do COREDE NORDESTE
COMUDES de Ibiraiaras, tendo à frente o presidente Sérgio Baldasso, participou quinta-feira, 20, da Assembleia do COREDE NORDESTE realizado na cidade de Sananduva. A Assembleia definiu os projetos en (...)
Grupo AGATI participa de mais um encontro realizado pelo CRAS
Na tarde de terça-feira (18), a equipe do CRAS reuniu-se com o grupo AGATI do bairro Rodrigues. No encontro foi aplicada uma dinâmica relacionada a doenças e, para finalizar, uma mensagem incentivando (...)
Estadual Sub 20: Lagoa Futsal 5 x 3 São José do Inhacorá
A equipe do Sub 20 do Lagoa Futsal, no domingo, 23, a partir das 14 horas, no Ginásio Adolfo Stella, recebeu o São José do Inhacorá. A equipe treinada por Daniel Bonez venceu pelo placar de 5 x 3. Ass (...)
Em Cerro Branco, Lagoa Futsal empata com a ACBF
Após vitória frente ao Parobé, jogando no Adolfo Stella, quando venceu pelo placar de 8 x 2, o Lagoa Futsal voltou a atuar fora de casa, desta vez em Cerro Branco, quando enfrentou a ACBF. O Lagoa Fut (...)
Sub 20 do Lagoa Futsal tem partida decisiva neste domingo, 23
No treino desta semana, o Sub 20 do Lagoa Futsal se prepara para o jogo de domingo, 23, às 14h, em Lagoa Vermelha, no Adolfo Stella, frente São José do Inhacorá. A partida é válida pelo estadual da (...)
 
  Página Inicial | Contato | Empresa | Lagoa Vermelha

Simples.net Solucões Inteligentes