Colunistas
 
 
Mariluci Melo Ferreira
 
 
Contestado: Caboclos em guerra - 27/05/2016
 
Há exatos cem anos, aproximadamente seis mil pessoas foram mortas por conta da Guerra do Contestado. Os conflitos aconteceram no sertão catarinense, na região fronteiriça disputada por Santa Catarina e Paraná. A área destacada no mapa presenciou, desde 1912 uma série de conflitos que terminaram de forma sangrenta somente no início de 1916. As cidades desta região (de aproximadamente 40.000 Km²) presenciaram um dos eventos bélicos mais cruéis da história do Brasil. No auge da Guerra, entre o final de 1914 e o início de 1915, havia em ação nada menos que 8 mil militares do Exército, do Regimento de Segurança paranaense e catarinense além de mil civis contratados pela União. O inimigo era o Exército Encantado de São Sebastião, formado por 10 mil combatentes de todas as idades, na maioria caboclos luso-brasileiros, armados de espingardas, revólveres e facões. Segundo o historiador Nilson Thomé, hoje, transcorrido um século, a Guerra do Contestado é vista como a insurreição do sertanejo catarinense, provocada pelo avanço do capitalismo na região, influenciada pela construção da ferrovia, pela ação arbitrária da madeireira Lumber Company e pela questão de limites entre o Paraná e Santa Catarina. O jogo de interesses entre fazendeiros e políticos além do misticismo dos caboclos, que já vinham descontentes por questões relativas à posse da terra motivaram essa guerra. Estudioso da Guerra do Contestado, Nilson Thomé divide esta guerra civil em três momentos: fanatismo, banditismo e genocídio. Desde a época imperial as províncias de Santa Catarina e do Paraná não conheciam os seus limites. Em 1853 o Paraná desmembrou-se de São Paulo. Mas os limites entre as duas províncias não ficaram definidos, o que gerou discussões acirradas mesmo após a Proclamação da República. A questão envolvia o “Território Contestado”, entre os rios Iguaçú (ao norte) e Uruguai (ao sul), da Serra Geral (a leste) até a fronteira com a Argentina (a oeste), na época administrada pelo Paraná...
 
Outras colunas deste Autor
01/07/2016
Tradições indígenas e europeias na origem das festas juninas - 24/06/2016
Grande oriente do brasil - 194 anos de história - 17/06/2016
Contestado: Caboclos em guerra - Parte III - 10/06/2016
Contestado: Caboclos em guerra - Parte II - 03/06/2016
Contestado: Caboclos em guerra - 27/05/2016
Um quarto de século... - 20/05/2016
Impeachment na história - 13/05/2016
Enfim, a emancipação de Lagoa Vermelha - 06/05/2016
Dia do trabalho na história do Brasil - 29/04/2016
Tiradentes: de líder rebelde à Patrono da Nação - 22/04/2016
Liberdade ainda que tardia - 15/04/2016
“Vem chuva?” História da meteorologia no Brasil - 08/04/2016
Quando uma campanha de vacinação virou caso de polícia - 01/04/2016
As fronteiras do Brasil e o legado de Rio Branco - 25/03/2016
 
   
publicidade - anuncie
   


Joel Anzolin Muliterno
Advogado


Oscar Menna Barreto Grau
Médico Veterinário


Luciano Andrade

Outros Colunistas (...)
PSDB critica condução política do governo Bonotto
A ausência de diálogo entre o PSDB e o governo de Gustavo Bonotto, PP, faz com que os tucanos demonstrem descontentamentos com a condução política na administração municipal. Os tucanos, que trabalha (...)
PRF apreende adolescente por porte ilegal de arma em Lagoa Vermelha
A PRF apreendeu um adolescente de 15 anos por porte ilegal de arma de fogo na manhã desta sexta-feira (16), na BR 470 em Lagoa Vermelha. Ele conduzia uma motocicleta Honda CG 150 Titan. Durante as (...)
Secretaria da Educação define ações, programas e projetos estratégicos para o ano letivo
A Secretaria Municipal da Educação, Cultura e Desporto realizou na manhã desta sexta-feira (16), uma reunião para definição das ações, programas e projetos estratégicos para este ano letivo. Liderad (...)
Presidente do Legislativo manifesta-se no grande expediente
O presidente do Legislativo, Braulio Joares Guedes (PTB),) na Sessão Ordinária desta quarta-feira (15), realizou manifestação no grande expediente. De acordo com o novo regimento interno, nesta ocasiã (...)
Lagoa Vermelha vai sediar ato público contra Reforma da Previdência
Numa iniciativa conjunta entre o CPERS, MPA, Sindicomerciários, Sintracom, PT de Lagoa Vermelha e Caseiros, PT Regional, Fetraf/RS, MMC, MST, Cresol, Cetap, Coopervita, Coopervida, Copercasa, Associaç (...)
 
  Página Inicial | Contato | Empresa | Lagoa Vermelha

Simples.net Solucões Inteligentes