Radar online
Por Aldoir Nepomuceno
 
Temer assina decreto permitindo que supermercados abram aos domingos e feriados
 
O presidente Michel Temer assinou hoje (16) decreto que reconhece o setor supermercadista como atividade essencial da economia. Com o novo status, o setor passa a ter segurança jurídica para contratar seus funcionários e negociar com prefeituras e sindicatos a abertura dos estabelecimentos aos domingos e feriados, em todo o Brasil.

“Nós estamos modernizando [a legislação], não só em favor dos empresários, mas do povo brasileiro, que quer ir ao supermercado no feriado e nos fins de semana”, disse Temer.

Para Temer, os atos e reformas do governo federal estão modernizando o ambiente econômico e produtivo para o país voltar a crescer. “E o comércio varejista nos dá uma medida clara de como anda a economia, porque o varejo é o último elo de uma cadeia de produção e distribuição. Do varejo, vai para o cidadão, e os números do setor são expressivos”, disse o presidente.

Ele ressaltou que o comércio varejista teve o terceiro mês consecutivo de aumento. “Significa que as pessoas voltaram a consumir, sinal de que a economia se recupera e volta a gerar empregos.”

Segundo o Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, a mudança da norma atende a uma solicitação feita no ano passado pela Associação Brasileira de Supermercados (Abras) e é um pleito antigo do setor varejista. Para o ministério, a alteração na legislação melhora o ambiente de negócios, dá mais competitividade ao segmento, permite o crescimento das empresas e, consequentemente, a geração de emprego.

A legislação que reconhece as atividades essenciais da economia brasileira, o Decreto nº 27.048, de 1949, não menciona expressamente supermercados em seu anexo, apenas pequenos mercados, como peixarias e padarias. “Todas essas atividades foram incorporadas ao sistema do supermercados. E o fato de não estarem inseridos no rol de atividades essenciais fazia com que houvesse uma necessidade de negociação para que pudesse exercer sua atividade em domingos, feriados e horários especiais”, disse o secretário de Comércio e Serviços do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, Marcelo Maia.

O secretário explicou que os municípios têm autonomia para legislar e que o funcionamento do varejo está sujeito a negociações, mas agora isso passa a ser legalizado automaticamente. “O decreto evita questionamento na justiça depois. Dá segurança ao supermercadista de poder contratar seu funcionário e alocá-lo para trabalhar em domingos e feriados”, disse Maia. Ele acreescentou que as normas de remuneração dos funcionários seguem a legislação trabalhista.

De acordo com dados da Abras, os supermercados representam 83,7% da comercialização de produtos de primeira necessidade. Para o presidente da entidade, João Sanzovo, o decreto faz justiça ao setor supermercadista. “Desde seu surgimento em 1953, o setor evoluiu, mas a legislação não acompanhou essa evolução. Agora seremos reconhecidos como atividade essencial que somos. O decreto está fazendo justiça para os consumidores que precisam se abastecer nos feriados e domingos e tínhamos muitos obstáculos para satisfazer a demanda em alguns lugares do país”, disse.

Conforme dados do setor, existem cerca de 89 mil supermercados no Brasil, que empregam mais de 1,8 milhão de pessoas.

(Agência Brasil)
Mais informações
 
Temer assina decreto permitindo que supermercados abram aos domingos e feriados
PF deflagra operação no Rio Grande do Sul com base em informações da Lava Jato
Varejo teve forte alta em junho, segundo IBGE
Governo do Estado anuncia divisão do IPE em duas autarquias independentes
Nova meta de déficit fiscal é de R$ 159 bilhões, diz Padilha
CPI do BNDES deve aprovar plano de trabalho nesta semana
Governo deve anunciar hoje mudança da meta fiscal
Mercado financeiro eleva para 3,5% projeção de inflação este ano
Empresário Adir Assad admite ter pago R$1,7 bi em propinas
Operação desarticula quadrilha que desviou mais de R$ 2 milhões de correntistas
MPF confirma denúncia contra ex-deputados no caso da “farra das passagens"
"Não haverá aumento", diz Temer sobre alíquota do Imposto de Renda
IPCA acumulado em 12 meses tem menor taxa desde 1999: 2,71%
Produção industrial cresce no RS e em mais sete estados
Temer admite estudos sobre aumento da alíquota do Imposto de Renda
 
 
   
publicidade - anuncie
   


Luciano Andrade


Terezinha do Carmo
Pedagoga


Oscar Menna Barreto Grau
Médico Veterinário

Outros Colunistas (...)
Lagoa Futsal perde para o Passo Fundo em casa
Em mais uma partida válida pela Série Prata de Futsal, o Lagoa Futsal, no sábado, 12, às 19 horas, recebeu no Adolfo Stella a equipe do Passo Fundo. O time treinado por Tiago Bernar (...)
Lagoa Futsal entrega premiação do 6º Campeonato Interno
A direção do Lagoa Futsal, na sexta-feira, 11 de agosto, à noite, realizou jantar com a entrega de premiação alusiva ao 6º Campeonato Interno desenvolvido no Ginásio Adolfo Stella. Presidente Edeivis (...)
Jantar comemora Dia do Advogado
Sob a presidência de Gladimir Casarin, a OAB Subseção de Lagoa Vermelha, realizou no dia 11 de agosto, a quinta edição de sua tradicional feijoada, tendo como objetivo principal comemorar o Dia do Adv (...)
Em Carazinho, secretário JP fala do PePe implantando no Município
O secretário da Indústria, Comércio e Serviços, João Paulo Salvador, fez uma exposição hoje, 11, em Carazinho, sobre a parceria firmada pelo município de Lagoa Vermelha com o SEBRAE para implementar (...)
Presidente Ranyeri e vereadora Márcia apresentam campanhas à Unopar
Na terça-feira (08), a Câmara Municipal de Vereadores, lançou três campanhas: “Cidadania, cultive uma nova atitude”, “Câmara de Vereadores, qual o seu papel na comunidade?” e também o projeto de reso (...)
 
  Página Inicial | Contato | Empresa | Lagoa Vermelha

Simples.net Solucões Inteligentes