Radar online
Por Aldoir Nepomuceno
 
Reforma da previdência é uma necessidade financeira e fiscal, diz Ministro Meirelles
 
O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, disse hoje (17) que a reforma da Previdência é necessidade financeira e fiscal e que o relatório da proposta deve ser apresentado amanhã (18) pelo deputado Arthur de Oliveira Maia (PPS-BA), relator do texto na comissão especial da Câmara. Ontem (16), parlamentares e ministros se reuniram com o presidente Michel Temer para discutir detalhes da reforma proposta pelo Executivo.

Meirelles disse que as mudanças feitas pelo relator estão dentro da margem de negociação prevista pelo governo e que as lideranças da base aliada estão comprometidas com a aprovação da reforma. “Quero dizer que as lideranças todas estão comprometidas a aprovar o mais rápido possível”, disse, após participar de seminário sobre a Previdência, promovido pelo jornal Valor Econômico.

Segundo ele, ainda falta fechar no texto questões de metodologia e detalhes como o do modelo do regime de transição para as aposentadorias e questões referentes a acúmulo de aposentadoria e pensão por morte. “Existe aí uma série de coisas que ainda não estão definidas. Até amanhã, o relatório estará pronto e em condições de ser divulgado”, afirmou. E completou “Estaremos durante todo o decorrer do dia de hoje fazendo os cálculos para ter a segurança de que os números estão dentro daqueles números que asseguram o sucesso da reforma.”

Ao defender a necessidade da aprovação da reforma da Previdência, Meirelles disse que a medida irá contribuir para a retomada do crescimento do país. “A reforma não é uma questão de preferência ou de opinião, é uma questão de necessidade matemática, financeira, fiscal. Se o país não fizer uma reforma no devido tempo, em primeiro lugar as taxas de juros brasileiras, ao invés de cair, vão voltar a subir fortemente, vão faltar recursos para o financiamento do consumo, do investimento, o desemprego voltará a crescer e, ao mesmo tempo, teremos a inflação de volta”, disse

A reunião de ontem com o presidente Temer durou cerca de três horas e teve a participação dos ministros da Fazenda, Henrique Meireles; da Secretaria de Governo, Antônio Imbassahy; da Secretaria-Geral da Presidência, Moreira Franco; e de parlamentares como o relator da reforma da Previdência Arthur de Oliveira Maia, relator da reforma da Previdência, e de Carlos Marun (PMDB-MS), presidente da comissão.

Seminário

Durante a apresentação no seminário, o ministro Meirelles disse que circulam informações inverídicas sobre a reforma, como a de que, caso fosse feita a cobrança dos grandes devedores, seria possível pagar o déficit da Previdência. Segundo ele, mais de 50% da chamada dívida ativa com a previdência pública é de companhias falidas e as demais dívidas são cobradas seguindo os ritos judiciais.

(Agência Brasil)
Mais informações
 
Com voto pronto, Marco Aurélio indica ser a favor de PF fazer delações premiadas
Justiça determina transferência de Sérgio Cabral para presídio federal
Dívida pública sobe para R$ 3,4 trilhões em setembro, informa Tesouro
Mercado prevê inflação de 3,06% e nova queda da Selic esta semana
Relatório de CPI do Senado diz que Previdência Social não tem déficit
Não existe possibilidade de intervenção militar, afirma ministro da Defesa
MPC-RS entrega parecer desfavorável às contas do governo Sartori
Condenado pela terceira vez, Cabral pega pena de 13 anos de prisão
Temer admite reforma da Previdência limitada e não garante aprovação este ano
IGP-M acumula deflação de 1,3% em 12 meses
Gás de botijão leva prévia da inflação oficial a 0,34% em outubro, diz IBGE
STJ manda soltar Carlos Arthur Nuzman, ex-presidente do COB
Chuvas e ventos causam estragos no Rio Grande do Sul
CCJ aprova relatório pela inadmissibilidade de denúncia contra Temer
Após depoimento de Funaro, Dilma tenta anular impeachment no STF
 
 
   
publicidade - anuncie
   


Leodário Schuster
Empresário


Luciano Andrade


Ademar Fagundes
Jornalista e Radialista

Outros Colunistas (...)
Ana Amélia é escolhida melhor senadora de 2017 no prêmio Congresso em Foco
A parlamentar gaúcha Ana Amélia (PP-RS) foi escolhida como a melhor senadora de 2017 na 10ª edição do tradicional prêmio Congresso em Foco, em cerimônia realizada nesta quinta-feira (19), em Brasília. (...)
Combate a exploração sexual no RS: Homem é preso em Lagoa Vermelha
Nove homens foram presos em flagrante nesta sexta-feira (20) em uma operação contra a exploração sexual no Rio Grande do Sul, que também é realizada em outros 24 estados. Em solo gaúcho foram apreendi (...)
PRF prende homem que furtou armas dentro do Fórum de Lagoa Vermelha
A PRF prendeu um homem que estava com dois revólveres que foram furtados do Fórum da cidade de Lagoa Vermelha, na tarde desta quinta-feira (19), na BR 285 em Mato Castelhano. A equipe da PRF recebe (...)
Estrutura multicampi da UPF facilita o acesso ao ensino superior na região
A Universidade de Passo Fundo (UPF) é a maior instituição de ensino superior da região Norte do Rio Grande do Sul e sua estrutura é composta por nove campi, instalados em Passo Fundo (I, II e III), Ca (...)
l Encontro de Gestantes aconteceu na última segunda-feira
Na última segunda-feira (16) no turno da tarde, foi realizado na Casa da Cultura Athos Branco o I Encontro das Gestantes de Lagoa Vermelha com o tema “É na gravidez que a magia da vida acontece”. O ev (...)
 
  Página Inicial | Contato | Empresa | Lagoa Vermelha

Simples.net Solucões Inteligentes