Radar online
Por Aldoir Nepomuceno
 
Copom sinaliza que juros podem cair para 8,5% ao ano
 
A evolução da conjuntura econômica brasileira já permite uma maior intensificação do ritmo de flexibilização monetária – ou seja, um maior no corte de juros. A afirmação consta da ata da última reunião do Comitê de Política Monetária (Copom), divulgada hoje (18), em Brasília, pelo Banco Central. Na semana passada, o juro foi cortado em 1 ponto percentual, caindo para 11,25% ao ano.

Segundo a ata, o cenário com trajetórias para as taxas de juros e câmbio extraídas da pesquisa Focus supõe, entre outras hipóteses, taxas de câmbio de R$ 3,23 e R$ 3,37 ao final de 2017 e 2018, respectivamente, e taxas de juros de 8,5% ao ano ao final dos dois anos.

Membros do comitê argumentaram, entretanto, que, dado o caráter prospectivo da condução da política monetária e a continuidade das incertezas e dos fatores de risco que ainda pairam sobre a economia, a decisão foi pela manutenção do ritmo observado na reunião – redução de 1 ponto percentual.

“O Copom ressalta que o ritmo de flexibilização monetária dependerá da extensão do ciclo pretendido e do grau de sua antecipação, que, por sua vez, dependerá da evolução da atividade econômica, dos demais fatores de risco mencionados acima e das projeções e expectativas de inflação”, diz a ata.

(Agência Brasil)
Mais informações
 
IPCA-15 sobe 0,24% em maio, diz IBGE
PF cumpre mandados contra suspeitos de superfaturar obras do Mané Garrincha
Defesa de Temer desiste de recurso
Confiança do comércio cresce 2,7%, com alta em todos os itens
STF só analisará suspensão de inquérito contra Temer após perícia em gravação
Base aliada e oposição divergem sobre retomada de votações no Congresso
Mercado financeiro reduz projeção de inflação para 3,92% este ano
"Se quiserem, me derrubem", diz Temer a jornal
Autorizada licitação para obra rodoviária de R$ 19 milhões na Serra
OAB aprova abertura de pedido de impeachment contra Temer
STF atende defesa de Temer e autoriza perícia da PF em áudio
Delator diz que JBS repassou R$ 1,5 milhão de 'crédito de propina' à campanha do governador do RS a pedido de Aécio
J&F não aceita fechar acordo de leniência de R$ 11 bi com o Ministério Público
Temer vai pedir ao STF suspensão de inquérito até que gravação seja periciada
JBS ajudou a financiar campanhas de 1.829 candidatos de 28 partidos
 
 
   
publicidade - anuncie
   


Marcos Roberto Nepomuceno


Laura Vieira Manica


Luciano Andrade

Outros Colunistas (...)
Ana Amélia diz que não há condições para Temer permanecer na presidência
Em discurso na tribuna, nesta quinta-feira (18), a senadora Ana Amélia (PP-RS) disse que não vê condições para Michel Temer permanecer na Presidência da República depois das robustas acusações de obst (...)
Comissão Especial da Segurança Pública aprova relatório final com sugestão de 47 medidas
A Comissão Especial da Segurança Pública, presidida pelo deputado Ronaldo Santini (PTB), aprovou por unanimidade, no início da tarde desta quinta-feira (18), o seu relatório final, elaborado pelo depu (...)
Na capital federal, Sossella prestigia XX Marcha em Defesa dos Municípios
Como coordenador da Frente Parlamentar Municipalista da Assembleia Legislativa, o deputado Gilmar Sossella (PDT) prestigiou nesta semana a XX Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios. O evento, que (...)
Gustavo Bonotto recebe moradores do Bairro Gentil
Na noite de quinta-feira (11), o prefeito Gustavo Bonotto recebeu em seu gabinete moradores da Rua Sargento Salvador Felício Bueno, do Bairro Gentil– ligação com a Associação dos Moto (...)
Certificado Internacional de Vacinação passará a ser expedido em Lagoa Vermelha
Toda a pessoa que deseja viajar para países que exigem CIVP válido e constam na lista da Organização Mundial de Saúde precisa emitir o Certificado Internacional de Vacinação, que até o momento era exp (...)
 
  Página Inicial | Contato | Empresa | Lagoa Vermelha

Simples.net Solucões Inteligentes