Radar online
Por Aldoir Nepomuceno
 
Setor de serviços cresce 1% e tem melhor abril desde 2013
 
O setor de serviços cresceu 1% em abril deste ano, depois de ter fechado março com retração de 2,6% na série livre de influências sazonais. Ainda assim, este é o melhor resultado para os meses de abril desde os 2,1% de 2013 e o melhor resultado para o setor desde o 1,2% de março último.

Os dados fazem parte da Pesquisa Mensal de Serviços (PMS), divulgada hoje (14), no Rio de Janeiro, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Mesmo com o crescimento de abril diante de março, o setor de serviços encerrou os primeiros quatro meses do ano com queda acumulada de 4,9%.

Os dados da pesquisa indicam, ainda, que o setor acumula em abril, na comparação com abril de 2016 (série sem ajuste sazonal) retração de 5,6%, a maior para os meses de abril de toda a série histórica e acompanhando as retrações de 5,2% e de 5,3% de março e fevereiro na série do acumulado dos últimos 12 meses, sempre em comparação aos 12 meses imediatamente anteriores. Quando comparado a abril do ano passado, a retração é de 5,6%.

Mesmo com a queda na atividade de serviços, a receita nominal do setor em abril acusou variação positiva de 0,5% em relação a março (série com ajuste), embora tenha fechado com recuo de 0,4% na comparação com mesmo mês do ano anterior (sem ajuste sazonal).

Com o crescimento de abril, a receita nominal do setor fechou os primeiros quatro meses do ano com crescimento de 0,6%, enquanto a dos últimos 12 meses ficou estável (0,0%).

Resultado por atividade

Os dados indicam, ainda, que, por atividade, o resultado de maior peso sobre o indicador global foi a do segmento de transportes, serviços auxiliares de transportes e Correios, que teve crescimento de 1% em abril sobre março (série com ajuste). Os setores de serviços de informação e comunicação e outros serviços registraram queda de 0,2% e 5,8%, respectivamente.

Números regionais

Regionalmente, os maiores crescimentos no setor de serviços foram registrados na série reajustada sazonalmente no Paraná (2,4% de março para abril, uma variação positiva de 1,4 ponto percentual); Rio Grande do Sul (2,2%) e São Paulo (2%).

Já as maiores variações negativas ocorreram no Rio Grande do Norte, onde a queda no setor de serviços, ainda na série livre de influências sazonais, foi de 6,6%; Rondônia (-6%) e Alagoas (-4,6%).

Turismo

Ao avaliar o agregado especial das atividades turísticas por unidades da Federação, que fechou com resultado global negativo de 2% na comparação com março, na série livre de influências sazonais, o IBGE destacou o comportamento do setor no Distrito Federal, onde houve crescimento de 4,4%.

Os outros números positivos em volume nas atividades turísticas foram anotados em São Paulo (crescimento de 1,9%, mas ainda assim 3,9 pontos percentuais superior à média do país de 1%, entre março e abril); e Pernambuco (expansão de 0,8%).

Na outra ponta, destaca-se a queda no Espírito Santo (- 12,6%). Também tiveram resultados negativos Minas Gerais (-5,5%), Bahia (-5,3%), Ceará (-5%) e Rio de Janeiro (-3,6%). No Rio Grande do Sul, o recuo foi de 2,8%; em Goiás (-1,6%); no Paraná (-1,2%); e Santa Catarina (-0,4%).

(Agência Brasil)
Mais informações
 
PIB cresceu 0,6% no trimestre encerrado em julho, mostra FGV
Dados do PIB mostram fim da recessão, diz pesquisador da FGV
Nova denúncia contra Temer gera tensão no Congresso mas base governista terá mais munição
Por recomandação médica Sartori deixa o Piratini por uma semana
Joesley diz a juiz que está preso porque "mexeu com poderosos"
Microempreendedor tem até 2 de outubro para parcelar débitos na Receita
Garantias individuais são violentadas diuturnamente, diz Presidência
Brasil deve colher 238 milhões de toneladas de grãos na safra 2016/17, diz Conab
Janot diz que não há mais como retroceder contra a corrupção
BC indica corte menor de juros e fim gradual do ciclo de reduções
Mercado financeiro aumenta projeção para o PIB e reduz para inflação
PF faz operação para recolher provas relacionadas à prisão de executivos da J&F
Reforma da previdência será votada em outu bro, diz Ministro
Geddel Vieira Lima é levado para presídio após prestar depoimento à PF
Desigualdade de renda no Brasil não caiu entre 2001 e 2015, revela estudo
 
 
   
publicidade - anuncie
   


Mariluci Melo Ferreira


Juliana Chilanti Tonial
Advogada especialista em Direito Civil. Mestrada em Direito Ambiental - UCS


Joel Anzolin Muliterno
Advogado

Outros Colunistas (...)
Desfile Farroupilha foi adiado para o dia 20 de setembro devido ao tempo chuvoso
As atividades em comemoração à Semana Farroupilha 2017 irão ocorrer até o dia 20 de setembro e, devido ao tempo chuvoso, o Desfile Farroupilha que aconteceria no próximo sábado (16) na Av. Afonso Pena (...)
Lagoa Futsal enfrenta o Figueira, neste sábado, 16
O ginásio Adolfo Stella mais uma vez será palco de importante partida válida pelo estadual Série Prata de Futsal. Na quadra, neste sábado, 16, a partir das 20 horas, o Lagoa Futsal enfrenta a equipe d (...)
Tempo chuvoso causa mudanças no cronograma da prefeitura
A Prefeitura Municipal informa que devido ao tempo chuvoso e à previsão de chuva que continua para o final de semana, haverá mudança no cronograma de trabalho e algumas ações que estavam previstas ser (...)
Programação da Semana Farroupilha desta sexta-feira acontecerá na Casa da Cultura
A programação em comemoração à Semana Farroupilha iniciou dia 13 de setembro e se prolongará até o dia 20 de setembro e, nesta sexta-feira (15), aconteceria o concurso “Tchê Voice” na (...)
Ibiraiaras: Campanha de multivacinação teve início
A Campanha de Vacinação iniciada neste dia 11 de setembro, segunda-feira, se estenderá até o dia 22 de setembro, sendo o dia D (sábado) dia 16. O objetivo desta campanha é resgatar as crianças e ado (...)
 
  Página Inicial | Contato | Empresa | Lagoa Vermelha

Simples.net Solucões Inteligentes