Radar online
Por Aldoir Nepomuceno
 
Temer renegocia R$50 bi em dívidas dos Estados com BNDES e trabalha para garantir securitização, dizem fontes
 
Em busca de apoio político, o presidente Michel Temer está tirando do papel uma série de medidas favoráveis aos Estados, como a renegociação de dívidas com o BNDES que envolvem 50 bilhões de reais e a securitização dos débitos junto à União, disseram à Reuters três fontes que participaram de jantar de Temer com governadores na noite de terça-feira.

De acordo com uma das fontes, 20 bilhões de reais do montante que envolve o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) já estão garantidos, e outros 30 bilhões de reais ainda dependem de medida extra.

"Não há especulação. Há previsão. Até 30 de setembro deve estar feito", disse a fonte sobre os 20 bilhões de reais iniciais, determinados por um lei complementar que ordena a repactuação de dívidas com garantia da União.

Os outros 30 bilhões de reais irão depender de legislação extra, acrescentou a fonte, afirmando que a renegociação não afetará o déficit primário.

"Os 30 bilhões (de reais) adicionais dependem da estruturação de novas garantias, como a Lei de Eficiência, e aí sim podermos promover um 'super fast track' de aprovações para Estados que melhorarem sua pagabilidade com as medidas institucionais de gestão", acrescentou a fonte.

Temer se reuniu na noite de terça-feira com diversos governadores, tanto da base aliada quanto da oposição, no Palácio da Alvorada, para tratar das dívidas dos Estados junto ao BNDES, em encontro que contou com a presença no novo presidente do banco de fomento, Paulo Rabello de Castro.

Na reunião, o presidente disse que gostaria que fosse encontrada uma "solução" para as dívidas dos Estados com o BNDES.

"Nós temos que encontrar um caminho que seja saudável para os Estados e que também não seja prejudicial para o BNDES e para a União", disse Temer na abertura do jantar.

SECURITIZAÇÃO

Segundo um ministro que esteve no jantar, também foi discutida a aprovação de um projeto de lei que regulamenta a securitização da dívida ativa dos Estados, e a ideia é de que tanto bancos públicos quanto privados participem dessas operações.

"Isso não vai gerar impacto ao governo federal porque é uma relação de Estados com bancos. Mas, numa situação fiscal dos Estados, a aprovação do PL é importante", explicou o ministro, sob condição de anonimato.

Há cerca de um ano, o governo federal também trabalha num projeto para securitizar a dívida ativa da União, projeto de lei que está no Congresso Nacional, com estimativa de cerca de 60 bilhões de reais passíveis de passar pelo processo e que engordariam o caixa do Tesouro.

(Rodrigo Viga Gaier - Reuters)
Mais informações
 
Com mira em Temer, Funaro pretende fechar delação com PGR na próxima semana
BC mantém projeção de crescimento do PIB em 0,5%; inflação deve ficar em 3,8%
Demanda por crédito das empresas cai 5,4% em maio
Contrato de concessão do aeroporto Salgado Filho será assinado dia 28 de julho
Professores da rede pública ganham, em média, R$ 3,3 mil
Entidade estima que 30% dos gastos em saúde privada são desperdícios
Jucá lê relatório favorável à reforma trabalhista na CCJ do Senado
Ministro adia decisão sobre pedido de prisão de Aécio Neves
Apesar da rejeição, reforma trabalhista segue para a CCJ do Senado
Temer espera aprovação da reforma da previdência,em primeiro turno, ainda no primeiro semestre
Arrecadação cai em maio e aumenta no acumulado dos cinco primeiros meses
Deputado Maia assume presidência da República. Temer viajou para a Europa
Reformas mostram resultados positivos, diz presidente do Banco Central
Procurador da Lava Jato pede sequestro de imóveis de filha e enteada de Palocci
Mercado financeiro reduz projeção para inflação e PIB
 
 
   
publicidade - anuncie
   


Grieco Rodrigo Bossardi
Doutorado em Administração - Professor Universitário - Contador


Mariluci Melo Ferreira


Oscar Menna Barreto Grau
Médico Veterinário

Outros Colunistas (...)
Loja Maçônica Atalaia do Norte tem nova administração
Foi empossada a nova administração da Loja Maçônica Atalaia do Norte de Lagoa Vermelha: Ilário Frozi, Venerável Mestre; Aldoir Nepomuceno, 1º Vigilante; e Nelson Tonon, 2º Vigilante. Os ocupantes (...)
Igrejas São Paulo e Santo Antônio celebram Corpus Christi
A celebração de Corpus Christi teve início em 1193, por iniciativa da religiosa belga Juliana de Cornellon, que disse ter visto a Virgem Maria pedindo para que ela realizasse uma grande festa com o (...)
Projeto de Lei de Sossella propõe unidade móvel para castração de cães e gatos no RS
Facilitar o controle populacional de cães e gatos no Estado é o objetivo do Projeto de Lei 73/2017, protocolado pelo deputado estadual Gilmar Sossella (PDT) na Assembleia Legislativa. Nesta terça-feir (...)
Vereadora Márcia requer informações sobre programa que beneficia gestantes
Preocupada com a qualidade de vida das gestantes e dos recém-nascidos lagoenses, a vereadora Márcia do Carmo (PSB), apresentou na última Sessão Ordinária, dia 13, pedido de informação sobre a situação (...)
Prefeitura Municipal adianta 35% do 13° salário dos servidores
Desde o início de 2017 foi realizado um planejamento financeiro através da Secretaria Municipal da Fazenda, referente à antecipação do pagamento do 13° salário. O planejamento prevê a provisão de 1/12 (...)
 
  Página Inicial | Contato | Empresa | Lagoa Vermelha

Simples.net Solucões Inteligentes