Radar online
Por Aldoir Nepomuceno
 
Ministro do STF nega pedido de Aécio para que plenário decida sobre prisão
 
O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Marco Aurélio Mello negou a solicitação feita ontem (16) pela defesa do senador afastado Aécio Neves (PSDB-MG) para que o pedido de prisão contra ele seja julgado por todos os 11 integrantes da Corte, em plenário, e não pela Primeira Turma, composta por cinco ministros, conforme previsto. Na decisão, Marco Aurélio considera que o "desfecho desfavorável a uma das defesas é insuficiente ao deslocamento".

Ao negar um primeiro pedido de prisão de Aécio feito pela Procuradoria-Geral da República (PGR), o ministro Edson Fachin, então relator do caso, mencionou a garantia constitucional do parlamentar, mas disse que, em um momento posterior, o assunto deveria ser mais bem discutido em plenário. Entretanto, após a redistribuição do processo, a pedido da defesa, o novo relator, Marco Aurélio Mello, pautou a questão para a Primeira Turma.

O advogado Alberto Zacharias Toron, que representa Aécio, pediu que o caso fosse a plenário, argumentando que o tema afeta a relação entre os Poderes, e, por isso, deveria ser analisado pela composição completa do Supremo, “diante do inegável alcance político/institucional que a controvérsia assume”.

Com o pedido indeferido, o caso segue com a Primeira Turma, que deverá analisá-lo na próxima semana. Está agendado para terça-feira (20) o julgamento de dois recursos: um do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, que quer a prisão preventiva de Aécio, e outro do próprio senador pedindo que seja assegurada sua liberdade.

Para julgar a questão, os ministros deverão analisar a aplicação ao caso do Artigo 53 da Constituição, segundo o qual os parlamentares “não poderão ser presos, salvo em flagrante de crime inafiançável”.

Em nota, Alberto Toron diz que, na solicitação levada ao ministro Marco Aurélio, limitou-se a reiterar pedido do próprio procurador-geral da República e a orientação dada pelo ministro Fachin, que propuseram que a prisão preventiva fosse julgada pelo plenário do Supremo.

"O senador Aécio reafirma seu respeito à decisão do Ministro Marco Aurélio e a todos os integrantes da Primeira Turma e reitera estar ao dispor da Justiça para prestar todos os esclarecimentos, confiante que a correção de seus atos será comprovada", diz comunicado divulgado pela defesa do senador afastado.

Nesta semana, a Primeira Turma do STF decidiu, por 3 votos a 2, manter Andrea Neves, irmã de Aécio, presa preventivamente, ao julgar improcedente um recurso da defesa. Votaram a favor da prisão os ministros Luís Roberto Barroso, Rosa Weber e Luiz Fux, enquanto o relator, Marco Aurélio Mello, e Alexandre de Moraes votaram pela soltura da investigada.

(Agência Brasil)
Mais informações
 
PIB cresceu 0,6% no trimestre encerrado em julho, mostra FGV
Dados do PIB mostram fim da recessão, diz pesquisador da FGV
Nova denúncia contra Temer gera tensão no Congresso mas base governista terá mais munição
Por recomandação médica Sartori deixa o Piratini por uma semana
Joesley diz a juiz que está preso porque "mexeu com poderosos"
Microempreendedor tem até 2 de outubro para parcelar débitos na Receita
Garantias individuais são violentadas diuturnamente, diz Presidência
Brasil deve colher 238 milhões de toneladas de grãos na safra 2016/17, diz Conab
Janot diz que não há mais como retroceder contra a corrupção
BC indica corte menor de juros e fim gradual do ciclo de reduções
Mercado financeiro aumenta projeção para o PIB e reduz para inflação
PF faz operação para recolher provas relacionadas à prisão de executivos da J&F
Reforma da previdência será votada em outu bro, diz Ministro
Geddel Vieira Lima é levado para presídio após prestar depoimento à PF
Desigualdade de renda no Brasil não caiu entre 2001 e 2015, revela estudo
 
 
   
publicidade - anuncie
   


Juliana Chilanti Tonial
Advogada especialista em Direito Civil. Mestrada em Direito Ambiental - UCS


Aldoir Rodrigues Nepomuceno
Advogado e Jornalista


Ronaldo Santini
Deputado Estadual

Outros Colunistas (...)
Desfile Farroupilha foi adiado para o dia 20 de setembro devido ao tempo chuvoso
As atividades em comemoração à Semana Farroupilha 2017 irão ocorrer até o dia 20 de setembro e, devido ao tempo chuvoso, o Desfile Farroupilha que aconteceria no próximo sábado (16) na Av. Afonso Pena (...)
Lagoa Futsal enfrenta o Figueira, neste sábado, 16
O ginásio Adolfo Stella mais uma vez será palco de importante partida válida pelo estadual Série Prata de Futsal. Na quadra, neste sábado, 16, a partir das 20 horas, o Lagoa Futsal enfrenta a equipe d (...)
Tempo chuvoso causa mudanças no cronograma da prefeitura
A Prefeitura Municipal informa que devido ao tempo chuvoso e à previsão de chuva que continua para o final de semana, haverá mudança no cronograma de trabalho e algumas ações que estavam previstas ser (...)
Programação da Semana Farroupilha desta sexta-feira acontecerá na Casa da Cultura
A programação em comemoração à Semana Farroupilha iniciou dia 13 de setembro e se prolongará até o dia 20 de setembro e, nesta sexta-feira (15), aconteceria o concurso “Tchê Voice” na (...)
Ibiraiaras: Campanha de multivacinação teve início
A Campanha de Vacinação iniciada neste dia 11 de setembro, segunda-feira, se estenderá até o dia 22 de setembro, sendo o dia D (sábado) dia 16. O objetivo desta campanha é resgatar as crianças e ado (...)
 
  Página Inicial | Contato | Empresa | Lagoa Vermelha

Simples.net Solucões Inteligentes