Radar online
Por Aldoir Nepomuceno
 
Ministro do STF nega pedido de Aécio para que plenário decida sobre prisão
 
O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Marco Aurélio Mello negou a solicitação feita ontem (16) pela defesa do senador afastado Aécio Neves (PSDB-MG) para que o pedido de prisão contra ele seja julgado por todos os 11 integrantes da Corte, em plenário, e não pela Primeira Turma, composta por cinco ministros, conforme previsto. Na decisão, Marco Aurélio considera que o "desfecho desfavorável a uma das defesas é insuficiente ao deslocamento".

Ao negar um primeiro pedido de prisão de Aécio feito pela Procuradoria-Geral da República (PGR), o ministro Edson Fachin, então relator do caso, mencionou a garantia constitucional do parlamentar, mas disse que, em um momento posterior, o assunto deveria ser mais bem discutido em plenário. Entretanto, após a redistribuição do processo, a pedido da defesa, o novo relator, Marco Aurélio Mello, pautou a questão para a Primeira Turma.

O advogado Alberto Zacharias Toron, que representa Aécio, pediu que o caso fosse a plenário, argumentando que o tema afeta a relação entre os Poderes, e, por isso, deveria ser analisado pela composição completa do Supremo, “diante do inegável alcance político/institucional que a controvérsia assume”.

Com o pedido indeferido, o caso segue com a Primeira Turma, que deverá analisá-lo na próxima semana. Está agendado para terça-feira (20) o julgamento de dois recursos: um do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, que quer a prisão preventiva de Aécio, e outro do próprio senador pedindo que seja assegurada sua liberdade.

Para julgar a questão, os ministros deverão analisar a aplicação ao caso do Artigo 53 da Constituição, segundo o qual os parlamentares “não poderão ser presos, salvo em flagrante de crime inafiançável”.

Em nota, Alberto Toron diz que, na solicitação levada ao ministro Marco Aurélio, limitou-se a reiterar pedido do próprio procurador-geral da República e a orientação dada pelo ministro Fachin, que propuseram que a prisão preventiva fosse julgada pelo plenário do Supremo.

"O senador Aécio reafirma seu respeito à decisão do Ministro Marco Aurélio e a todos os integrantes da Primeira Turma e reitera estar ao dispor da Justiça para prestar todos os esclarecimentos, confiante que a correção de seus atos será comprovada", diz comunicado divulgado pela defesa do senador afastado.

Nesta semana, a Primeira Turma do STF decidiu, por 3 votos a 2, manter Andrea Neves, irmã de Aécio, presa preventivamente, ao julgar improcedente um recurso da defesa. Votaram a favor da prisão os ministros Luís Roberto Barroso, Rosa Weber e Luiz Fux, enquanto o relator, Marco Aurélio Mello, e Alexandre de Moraes votaram pela soltura da investigada.

(Agência Brasil)
Mais informações
 
Confinamento de bovinos cresce no estado
Temer diz que compreende reação contrária da indústria ao aumento de tributos
Temer afirma que não há previsão de novo aumento de impostos
Autuações da Receita por causa da Lava Jato somam R$ 12,8 bilhões
Governo mantém previsão de alta do PIB em 0,5%
Brasilprev comunica a Moro bloqueio de R$ 9 milhões de Lula
Prévia indica deflação de 0,18%, a menor taxa em quase 20 anos
Governo divulga aumento de alíquota do PIS/Cofins sobre combustíveis
Julgamento de Lula em segunda instância será menos polarizado, diz desembargador
Arrecadação cresce 3% em junho e 0,77% no acumulado do ano, diz Receita
Moro rebate defesa de Lula e faz comparação com Cunha no crime de lavagem de dinheiro
Receita recupera R$ 73,6 bi em impostos não pagos; R$ 4 bi vieram da Lava Jato
PIB tem aumento de 0,49% no trimestre encerrado em maio
Pressão das bases preocup Palácio do Planalto
Frio intenso avança e pode nevar no sul do Brasil
 
 
   
publicidade - anuncie
   


Luciano Andrade


Joel Anzolin Muliterno
Advogado


Fabiana Rankrape

Outros Colunistas (...)
Bonotto e Secretário de Obras e Viação visitam obras no bairro Alto Pedregal
No final da tarda da última sexta-feira (14), Bonotto visitou as obras da Rua Sargento Salvador Felício Bueno, no Bairro Alto Pedregal, juntamente com o Secretário Municipal de Obras e Viação, Admilso (...)
Recadastramento do cartão SUS é prorrogado
A Secretaria Municipal da Saúde iniciou no mês de julho o recadastramento do cartão sus, devido ao alto número de cartões emitidos comparados com o número real de habitantes do nosso município. Devid (...)
Lagoa Futsal vai jogar em Cerro Branco, dia 22
Depois da ótima vitória frente ao Parobé, jogando em casa, no Adolfo Stella, quando venceu pelo placar de 8 x 2, o Lagoa Futsal estará voltando a atuar fora de casa, desta vez em Cerro Branco. Vai enf (...)
Felipe Ubaldini assume presidência da ACISAU de São João da Urtiga
Na noite do dia 13 de julho de 2017, nova diretoria tomou posse da Associação Comercial de São João da Urtiga. A cerimônia ocorreu no Centro de Eventos Scalco com um jantar e palestra, e contou com a (...)
Vereadora Márcia solicita melhorias no trânsito do interior e da cidade
Na última Sessão Ordinária (11), antes do recesso parlamentar, a vereadora Márcia do Carmo (PSB), encaminhou à Câmara de Vereadores, duas solicitações que visam organizar o trânsito da cidade e do int (...)
 
  Página Inicial | Contato | Empresa | Lagoa Vermelha

Simples.net Solucões Inteligentes