Radar online
Por Aldoir Nepomuceno
 
Zveiter lê voto favorável à admissibilidade da denúncia contra Temer
 
O deputado Sergio Zveiter (PMDB-RJ) apresentou parecer favorável à admissibilidade da denúncia pelo crime de corrupção passiva contra o presidente Michel Temer. Zveiter é o relator do processo que analisará a aceitação, ou não, a denúncia apresentada pela Procuradoria-Geral da República.

"Por ora, temos indícios que são por si só suficientes para ensejar o recebimento da denúncia. Estamos diante de indícios suficientes de materialidade. Não é fantasiosa a acusação, é o que temos e deve ser investigada", disse Zveiter.

O relator reiterou que aos deputados cabe apenas o papel de autorizar, ou não, a admissibilidade do processo e não julgar o presidente. 'Em face de suspeitas e eventuais ocorrências criminais, não podemos silenciar, estamos tratando tão somente de um pedido para aceitação, ou não, da instauração de um processo", acrescentou.

Zveiter está lendo seu voto na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ), primeira etapa do trâmite da denúncia na Câmara dos Deputados. Zveiter disse que elaborou o parecer “seguindo a melhor interpretação” das regras estabelecidas pela Constituição Federal e pelo regimento interno da Casa.

No documento, o relator justificou que não cabe à CCJ condenar os acusados, apenas indicar se o processo deve, ou não, ser instaurado. E que compete ao Supremo Tribunal Federal “o juízo técnico” da acusação.

O voto do relator indica que a Câmara emite juízo “predominantemente político. Zveiter destacou que não concorda com o argumento da defesa de Temer. “Eu não posso concordar, a denúncia não é inepta.”

No início do relatório, Zveiter apresentou os principais fatos relatados pela acusação, como o encontro do presidente Michel Temer com o empresário Joesley Batista, em março deste ano, no Palácio do Jaburu. Ele alegou que o presidente aproveitou-se da condição de chefe do Poder Executivo e recebeu, por intermédio do interlocutor Rocha Loures, “vantagem indevida” de R$ 500 mil. O valor teria sido ofertado pelo empresário Joesley Batista, dono do grupo JBS, investigado pela Operação Lava Jato por buscar de forma “espúria” garantir seus interesses junto ao governo federal.

O relator também mencionou os principais argumentos apresentados no documento entregue pela defesa de Michel Temer na última semana. Zveiter citou todos os pontos questionados pela defesa, que alega que não houve cometimento de nenhum tipo de crime pelo presidente. A defesa apontou a ausência de elementos mínimos para acusação de um presidente da República e disse que a denúncia tem viés seletivo, sem provas lícitas que a sustentem.

Logo após a leitura do parecer do relator, a defesa de Temer apresentará oralmente seus argumentos pelo mesmo tempo utilizado por Zveiter.

(Agência Brasil)
Mais informações
 
Governo formaliza concessão do Salgado Filho
Crise fecha mais de 4 mil lojas no Rio de Janeiro
Bendine pagou imposto sobre a propina recebida da Odebrecht
CNI/Ibope: 70% desaprovam governo de Michel Temer e 5% aprovam
Sartori vai a Brasilia acompanhar programa de concessão
Queda na produção confirma dificuldade para recuperação da economia, diz CNI
Governo Central registra maior déficit primário da história no primeiro semestre
Juiz do DF suspende aumento de imposto para combustível por liminar
Conselho do Ministério Público amplia orçamento para Lava Jato em 2018
Meirelles admite aumento de novos impostos, se necessário
Janot avalia juntar dois crimes em nova denúncia contra Temer
Governo estuda plano de demissão volunatária dos servidores federais
Dívida Pública sobe 3,22% em junho
Cármen Lúcia diz que não há urgência na análise do pedido de Temer para acessar áudios
Mercado financeiro projeta aumento da inflação para este ano
 
 
   
publicidade - anuncie
   


Joel Anzolin Muliterno
Advogado


Marcos Roberto Nepomuceno


Juliana Chilanti Tonial
Advogada especialista em Direito Civil. Mestrada em Direito Ambiental - UCS

Outros Colunistas (...)
Ibiraiaras na Assembleia do COREDE NORDESTE
COMUDES de Ibiraiaras, tendo à frente o presidente Sérgio Baldasso, participou quinta-feira, 20, da Assembleia do COREDE NORDESTE realizado na cidade de Sananduva. A Assembleia definiu os projetos en (...)
Grupo AGATI participa de mais um encontro realizado pelo CRAS
Na tarde de terça-feira (18), a equipe do CRAS reuniu-se com o grupo AGATI do bairro Rodrigues. No encontro foi aplicada uma dinâmica relacionada a doenças e, para finalizar, uma mensagem incentivando (...)
Estadual Sub 20: Lagoa Futsal 5 x 3 São José do Inhacorá
A equipe do Sub 20 do Lagoa Futsal, no domingo, 23, a partir das 14 horas, no Ginásio Adolfo Stella, recebeu o São José do Inhacorá. A equipe treinada por Daniel Bonez venceu pelo placar de 5 x 3. Ass (...)
Em Cerro Branco, Lagoa Futsal empata com a ACBF
Após vitória frente ao Parobé, jogando no Adolfo Stella, quando venceu pelo placar de 8 x 2, o Lagoa Futsal voltou a atuar fora de casa, desta vez em Cerro Branco, quando enfrentou a ACBF. O Lagoa Fut (...)
Sub 20 do Lagoa Futsal tem partida decisiva neste domingo, 23
No treino desta semana, o Sub 20 do Lagoa Futsal se prepara para o jogo de domingo, 23, às 14h, em Lagoa Vermelha, no Adolfo Stella, frente São José do Inhacorá. A partida é válida pelo estadual da (...)
 
  Página Inicial | Contato | Empresa | Lagoa Vermelha

Simples.net Solucões Inteligentes