Radar online
Por Aldoir Nepomuceno
 
Prisão de Lula não foi decretada para evitar certo traumas, afirma Sérgio Moro
 
Ao condenar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva a nove anos e seis meses pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro, o juiz federal Sérgio Moro poderia ter decretado a prisão do petista, mas não tomou a medida.

Moro alegou "prudência" e a necessidade de se evitar "certos traumas".

Moro condenou o ex-presidente no caso tríplex.

O juiz destacou na sentença que o réu adotou táticas de intimidação. "Aliando esse comportamento com os episódios de orientação a terceiros para destruição de provas, até caberia cogitar a decretação da prisão preventiva do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva." Mas o magistrado considerou: "Entretanto, considerando que a prisão cautelar de um ex-presidente da República não deixa de envolver certos traumas, a prudência recomenda que se aguarde o julgamento pela Corte de Apelação antes de se extrair as consequências próprias da
condenação. Assim, poderá o ex-presidente Luiz apresentar a sua apelação em liberdade."

A denúncia do Ministério Público Federal sustenta que Lula recebeu R$ 3,7 milhões em benefício próprio - de um valor de R$ 87 milhões de corrupção - da empreiteira OAS, entre 2006 e 2012. As acusações contra Lula são relativas ao suposto recebimento de vantagens ilícitas da empreiteira OAS por meio do tríplex no Guarujá, no Solaris, e ao armazenamento de bens do acervo presidencial, de 2011 a 2016.

Lula e José Adelmário Pinheiro Filho, o Léo Pinheiro, da OAS, foram absolvidos "das imputações de corrupção e lavagem de dinheiro envolvendo o armazenamento do acervo presidencial, por falta de prova suficiente da materialidade".

O petista foi condenado por um crime de corrupção passiva pelo recebimento de vantagem indevida do Grupo OAS em decorrência do contrato do Consórcio CONEST/RNEST com a Petrobras e por um crime de lavagem de dinheiro, "envolvendo a ocultação e dissimulação da titularidade do apartamento 164-A, tríplex, e do beneficiário das reformas realizadas".

(Correio do Povo)
Mais informações
 
Prévia da inflação fica em 0,38%, segunda menor taxa para fevereiro desde o Real
Se intervenção no Rio não der certo, governo não deu certo, afirma Temer
Estado divulga promoção de 3.311 servidores da Segurança Pública
Associação de juízes propõe greve para discutir auxílio-moradia
Maia diz que Câmara deve aguardar STF antes de votar auxílio-moradia
CNC diz que Rio fechou quase 20 mil postos de trabalho no turismo em 2017
Confiança na economia tem leve queda, mas é a 2ª maior desde abril de 2011
Mães, 307 detentas do Rio Grande do Sul podem ter direito à prisão domiciliar
Eunício: relação com Planalto é boa, mas Senado não é puxadinho de outro Poder
Ministro diz que Congresso é soberano; Senado e Câmara definirão pautas
Intervenção suspende votação de 99 PECs que estão prontas para pauta do Plenário
Pauta econômica apresentada pelo governo é da Câmara, afirma Maia
Temer anuncia criação do Ministério Extraordinário da Segurança Pública
Intervenção é correta, diz base aliada; oposição classifica de cortina de fumaça
Decreto de intervenção federal exige aprovação parlamentar, mas já está em vigor
 
 
   
publicidade - anuncie
   


Mariluci Melo Ferreira


Fabiana Rankrape


Henrique Rech Neto
Promotor de Justiça e professor da UPF hrechneto@gmail.com

Outros Colunistas (...)
Deputados protocolam retirada do regime de urgência do PL que trata da criação da Subsecretaria de Administração Prisional
Durante a Sessão Plenária desta terça-feira (20/02), o deputado estadual Ronaldo Santini, juntamente ao líder do Governo, deputado estadual Gabriel Souza, protocolaram a retirada do regime de urgência (...)
UPF recebe candidatos para prova do Vestibular Complementar
A Universidade de Passo Fundo (UPF) realizou na noite dessa terça-feira, 20 de fevereiro, a prova do Vestibular Complementar de Verão 2018. Os candidatos fizeram prova única de redação em Passo Fundo (...)
Hospital de Sananduva deverá receber novos recursos
Em recente roteiro pela região Nordeste o deputado federal Giovani Cherini (PR), acompanhado do pré-candidato a deputado estadual, Paparico Bacchi, visitou o Hospital São João de Sananduva. A institui (...)
Reforma da Previdência: Ato público foi realizado em Lagoa Vermelha
Através de ação conjunta entre o CPERS, MPA, Sindicomerciários, Sintracom, PT de Lagoa Vermelha e Caseiros, PT Regional, Fetraf/RS, MMC, MST, Cresol, Cetap, Coopervita, Coopervida, Copercasa, Associaç (...)
Cine SESC de volta em Lagoa Vermelha
Nesta quinta-feira, dia 22 de fevereiro, vai acontecer a 3ª Edição do CineSesc Cinema de Rua em Lagoa Vermelha. O evento começará às 20 horas com a exibição do filme ‘‘ Eu e Meu Guarda-Chuva’’. As edi (...)
 
  Página Inicial | Contato | Empresa | Lagoa Vermelha

Simples.net Solucões Inteligentes