Radar online
Por Aldoir Nepomuceno
 
"A única prova que existe nesse processo é a da minha inocência", diz Lula
 
ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva se pronunciou (13) publicamente após ter sido condenado a nove anos e meio de prisão por corrupção pelo juiz federal Sérgio Moro. Em declaração à imprensa na sede do PT na capital paulista, Lula diz que a sentença aplicada por Moro tem componente político e que provará sua inocência no processo.

“A única prova que existe nesse processo é a da minha inocência”, disse o ex-presidente. “Eu acho que o Moro tem que prestar contas à história, que vai dizer quem está certo e errado”, completou. “Quem acha que é o fim do Lula, quebrou a cara”, disse.

Lula foi condenado pelo juiz em um dos processos da Operação Lava Jato por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. O ex-presidente é acusado de favorecimento na reforma de um apartamento triplex em Guarujá, no litoral de São Paulo. Na mesma decisão judicial, Lula também fica interditado para o exercício de cargo ou função pública pelo dobro do tempo da pena privativa de liberdade, ou seja, por 19 anos. A decisão, no entanto, precisa ser confirmada pela segunda instância. Moro não decretou a prisão de Lula, que pode recorrer da sentença em liberdade.

Para Lula, a condenação é uma tentativa de tirá-lo do cenário político. Ele disse que continua candidato à presidência do país nas eleições de 2018. O ex-presidente rebateu a tese de que existem provas contra ele no processo, que o levou a ser condenado. “Queria desafiar os meus inimigos e donos meios de comunicação que fizessem um esforço incomensurável para apresentar uma única prova. Porque a única prova que eles apresentam foi um papel rasurado”, criticou.

Na decisão, Moro afirma que as reformas executadas no apartamento pela empresa OAS provam que o imóvel era destinado ao ex-presidente e que ficou provado nos autos que Lula e sua esposa Marisa Letícia (já falecida) eram os proprietários de fato do apartamento.

O ex-presidente e seus advogados disseram que vão recorrer em todas as instâncias e irão questionar a sentença do juiz Moro no Conselho Nacional de Justiça. Lula criticou o juiz, que, na sua visão, escreveu 60 páginas na condenação para se justificar pela falta de provas.

(Agência Brasil)
Mais informações
 
Presidente da Câmara defende votação da PEC sobre prisão de condenados em segunda instância
Presidente da Câmara defende votação da PEC sobre prisão de condenados em segunda instância
Lula pediu para receber visitas da família às quintas-feiras
Inflação fica em 0,09% em março, a menor taxa para o mês desde 1994
Temer e Cármen Lúcia discutem segurança pública e intervenção no Rio
Justiça Federal manda soltar Joesley Batista
Defesa do prefeito de Bom Jesus vai recorrer da decisão do TRE de cassação do mandato
Inflação oficial tem a menor taxa para fevereiro desde 2000
Brasileiros com nome em cadastro de devedores chegam a 40,5% da população
Delfim Netto é alvo da 49ª fase da Operação Lava Jato
Ministro do STJ nega prisão domiciliar a deputado Paulo Maluf
Olívio Dutra alerta para risco de eleição não acontecer em 2018
Juros do cheque especial sobem para 324,7% ao ano
Temer: transferência da PF para Ministério da Segurança não interrompe Lava Jato
Jungmann vai chefiar novo Ministério da Segurança Pública
 
 
   
publicidade - anuncie
   


Terezinha do Carmo
Pedagoga


Victor Hugo Muraro Filho
Advogado


Leodário Schuster
Empresário

Outros Colunistas (...)
Em andamento, Copa ABAMF de Integração de Esportes
Em sua 20ª edição, neste sábado, teve início a vigésima edição da Copa ABAMF de Integração de Esportes. Várias modalidades esportivas estão sendo disputadas e algumas premiações já foram entregues n (...)
Ponte sobre o Rio Bernardo José é inaugurada
Depois de 25 anos de espera, a ponte sobre o Rio Bernardo José, no limite entre os municípios de Capão Bonito do Sul e Esmeralda é inaugurada nesta sexta-feira, 20. O ato contou com a presença do pref (...)
Associação Amigos da Casa da Cultura realiza Reunião Ordinária
Na próxima terça-feira, dia 24, a diretoria da Associação Amigos da Casa da Cultura de Lagoa Vermelha, convoca seus membros fundadores, associados e apoiadores para Reunião Ordinária. A reunião tra (...)
Vereadora Márcia solicita recolhimento de resíduos
Ouvir e encaminhar as demandas da comunidade é atividade constante no mandato da vereadora Márcia do Carmo (PSB). Na última segunda-feira (16), em Sessão Didática, a vereadora apresentou pedido de pro (...)
Sossella destaca aprovação na Assembleia de projeto de lei que combate roubo de cargas
Por unanimidade, o plenário da Assembleia Legislativa aprovou na terça-feira (17) o Projeto de Lei 43/2018, que busca combater o roubo de cargas no Estado. A iniciativa determina o cancelamento da ins (...)
 
  Página Inicial | Contato | Empresa | Lagoa Vermelha

Simples.net Solucões Inteligentes