Radar online
Por Aldoir Nepomuceno
 
Lei que reforma a CLT é publicada no Diário Oficial
 
A Lei nº 13.467, que altera a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), aprovada pelo Decreto-Lei no 5.452, de 1º de maio de 1943, também chamada de Lei de Modernização Trabalhista, está publicada na edição de hoje (14) do Diário Oficial da União.

A Lei foi sancionada ontem (13) pelo presidente da República, Michel Temer, que, em cerimônia no Palácio do Planalto, na presença de ministros e parlamentares, entre outras autoridades, disse que os direitos dos trabalhadores estão sendo preservados.

“Este projeto de Lei é a síntese de como esse governo age. Como eu tenho dito, o diálogo é essencial, mas também a responsabilidade social. Estamos preservando todos os direitos dos trabalhadores. A Constituição Federal assim determina”.

A aprovação da reforma, tida pelo governo como uma de suas prioridades, divide opiniões. Mas o presidente e sua equipe garantem que a modernização da CLT vai aumentar a geração de empregos e dar segurança jurídica tanto para empregados quanto para empregadores.

“O que fizemos foi avançar. Contratos que antes não comportavam carteira assinada hoje estão previstos expressamente. Nossa consolidação, que foi na época um grande avanço, é de 1943. É claro que o mundo não é mais de 1943, é do século 21. E fizemos a adaptação ao século 21. Hoje há uma igualdade na concepção. As pessoas são capazes de fazer um acordo, de um lado os empregados, de outro, os empregadores”, frisou Temer.

Pontos polêmicos

Alguns pontos da lei, no entanto, serão alterados após diálogo com o Congresso. O governo enviou aos parlamentares uma minuta com os pontos da medida provisória (MP) com a qual pretende alterar a reforma trabalhista. A minuta toca em dez pontos da reforma, entre eles temas polêmicos que foram discutidos durante a tramitação, como o trabalho intermitente, a jornada 12 por 36 horas e o trabalho em condições insalubres das gestantes e lactantes.

Segundo o líder do governo senador Romero Jucá, relator da reforma na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), não há prazo definido para a conclusão da MP e há tempo para sua edição. “Encaminhei hoje [a MP] para vários parlamentares os pontos que são objeto do acordo no Senado para serem discutidos. Na hora que estiverem amadurecidos, a MP será editada. Não tem previsão. É importante dizer que esta lei só vale daqui a 120 dias. Para ter uma medida provisória que modifique a lei, ela tem que ocorrer antes de 119 dias. Então nós temos um prazo razoável”, disse.

(Agência Brasil)
Mais informações
 
Para aprovar Previdência, Temer deve indicar deputado ligado a Maia para Cidades
Russia suspende compra de carnes do Brasil
Receita passa a cobrar CPF de dependentes a partir de 8 anos de idade
Segóvia defende prerrogativa da PF de fechar delações premiadas
PSOL afasta deputado que votou pela libertação de parlamentares presos no Rio
Assembleia do Rio ignora protestos e vota pela libertação de deputados presos
Número de pessoas com planos de saúde no Brasil cresceu em outubro
Governo do Estado assina acordo com chineses para construção de linhas de energia
No Rio, manifestantes comemoram um ano de prisão de Cabral em frente à presídio
Pretos ou pardos são 63,7% dos desocupados no país
STJ confirma condenação de Bolsonaro por danos morais a Maria do Rosário
Inflação do país nos últimos 11 anos pesou mais no bolso do pobre, diz Ipea
Economia deve continuar crescendo, ainda que devagar, indica pesquisa da FGV
MPF quer bloqueio de R$ 24 milhões em bens de Lula e seu filho Luís Cláudio
Aeroporto de Passo Fundo vai receber R$ 45 milhões para obras de ampliação
 
 
   
publicidade - anuncie
   


Carlos R. Dellavalle Filho
Engenheiro Agrônomo


Joel Anzolin Muliterno
Advogado


Ademar Fagundes
Jornalista e Radialista

Outros Colunistas (...)
Sub 13 do Lagoa Futsal vence três confrontos
Jogando pela Copa Amunor, na quarta-feira, 15 de novembro, no Adolfo Stella, a categoria de Base Sub 13 do Lagoa Futsal venceu os três confrontos: Lagoa Futsal 3 x 0 Muitos Capões, Lagoa Futsal 15 x (...)
Câmara: Brigada Militar recebe homenagem pelos 180 anos
Poder Legislativo de Lagoa Vermelha, sob a presidência do vereador Ranyeri Bozza, realizou, na terça-feira, 14, sessão solene em homenagem aos 180 anos da Brigada Militar no Estado do Rio Grande do Su (...)
Poder Público e entidades empresariais preparam a Expolagoa 2018
Na tarde de terça-feira, 14, na sede da CICAS, na presença da imprensa, o secretário da Indústria e Comércio, João Paulo Salvador, juntamente com o Sindilojas, Sicom, Cicas e Sindilojas, realizou o la (...)
Ricardo Machado compete em São Paulo
O ciclista da Universidade de Passo Fundo (UPF) Ricardo Machado participará, no próximo sábado, 18 de novembro, do MTB 12 Horas. A ser realizada em São Paulo, a competição de longa duração é considera (...)
Acadêmico da UPF realiza pesquisa sobre os impactos na redução do sódio em alimentos processados
No Brasil, cerca de 25% da população é hipertensa, segundo dados do Ministério da Saúde. A estatística representa 30 milhões de brasileiros convivendo com a doença, que pode gerar danos aos vasos sang (...)
 
  Página Inicial | Contato | Empresa | Lagoa Vermelha

Simples.net Solucões Inteligentes