Radar online
Por Aldoir Nepomuceno
 
Geddel é preso em Salvador e está a caminho de Brasília
 
O ex-ministro Geddel Vieira Lima voltou a ser preso, na manhã desta sexta-feira (8), em Salvador, três dias após a Polícia Federal encontrar mais de R$ 51 milhões, atribuídos a ele, em um apartamento. Duas viaturas da PF estiveram no condomínio residencial onde Geddel cumpria prisão domiciliar, no Bairro da Barra, região nobre da capital baiana. A prisão ocorreu pouco antes das 7h.

O ex-ministro Geddel Vieira Lima foi encaminhado para o Aeroporto de Salvador, de onde viaja a Brasília e ficará à disposição da Justiça.

O Ministério Público Federal (MPF) faz parte da força-tarefa denominada Greenfield, que cumpre dois mandados de prisão preventiva e três de busca e apreensão. Todos ocorrem em Salvador e fazem parte de mais uma fase da Operação Cui Bono, que investiga desvios de recursos em vice-presidências na Caixa Econômica Federal. O MPF não detalhou os nomes e endereços dos mandados.

O pedido de prisão de Geddel argumenta a necessidade de medidas para evitar “a destruição de elementos de provas imprescindíveis à elucidação dos fatos”. Após a solicitação, o juiz federal Wallisney Oliveira, da 10ª Vara Federal em Brasília, autorizou o cumprimento dos mandados, para recolher provas de crimes como corrupção passiva, lavagem de dinheiro e organização criminosa.

Na última terça-feira (5), a Polícia Federal apreendeu malas e caixas de dinheiro, em um apartamento na Graça, em Salvador. O proprietário, Sílvio Silveira, confirmou em depoimento, que emprestou o imóvel a Geddel, que teria pedido para guardar pertences do pai, que morreu no ano passado. Até a manhã de hoje, Geddel cumpria prisão domiciliar.

Operação Cui Bono

A primeira fase da Operação Cui Bono foi deflagrada pela PF em 13 de janeiro deste ano e investigou esquema de fraude na liberação de créditos da Caixa Econômica Federal no período entre 2011 e 2013. De acordo com a investigação, entre março de 2011 e dezembro de 2013, a vice-presidência de Pessoa Jurídica da instituição era ocupada por Geddel Vieira Lima.

A investigação da Operação Cui Bono – expressão latina que em português significa “a quem beneficia?” – é um desdobramento da Operação Catilinárias, deflagrada em dezembro de 2015, no âmbito da Operação Lava Jato, quando policiais federais encontraram um telefone celular na residência do então presidente da Câmara dos Deputados, o ex-deputado federal Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que revelou intensa troca de mensagens eletrônicas entre Cunha e Geddel. A operação tinha a finalidade de evitar que provas importantes fossem destruídas por investigados da Lava Jato.

(Agência Brasil)
Mais informações
 
Temer reúne governadores em busca de apoio para reforma da Previdência
Ex-governador Garotinho e esposa presos no Rio de Janeiro
TRF4 nega recurso a Dirceu em decisão condenatória de processo da Lava Jato
Justiça reduz pena de Eduardo Cunha em 10 meses
Reforma da Previdência "não é muito ampla", diz Temer
TRF2 ordena nova prisão de Picciani, Melo e Albertassi após decisão da Alerj
Novo modelo de certidão de nascimento permite inclusão de nome de padrasto
Para aprovar Previdência, Temer deve indicar deputado ligado a Maia para Cidades
Russia suspende compra de carnes do Brasil
Receita passa a cobrar CPF de dependentes a partir de 8 anos de idade
Segóvia defende prerrogativa da PF de fechar delações premiadas
PSOL afasta deputado que votou pela libertação de parlamentares presos no Rio
Assembleia do Rio ignora protestos e vota pela libertação de deputados presos
Número de pessoas com planos de saúde no Brasil cresceu em outubro
Governo do Estado assina acordo com chineses para construção de linhas de energia
 
 
   
publicidade - anuncie
   


Jaine Cerioli
Psicopedagoga Clínica


Terezinha do Carmo
Pedagoga


Carlos R. Dellavalle Filho
Engenheiro Agrônomo

Outros Colunistas (...)
Audiência Pública discutirá a despesa do município para o exercício de 2018
Na próxima quinta-feira, 23 de novembro, às 19h, será realizada uma audiência pública no Plenário Nady Maria Castellano. Na oportunidade, será analisado e discutido o Projeto de Lei que estima a rece (...)
PDT Lagoa Vermelha recebe lideranças e pré-candidato ao Governo do Estado
Os vereadores do Partido Democrático Trabalhista (PDT), de Lagoa Vermelha, Ariovaldo Carlos da Silva, José Mário Ceni Barreto, Ranyeri Bozza e Vicente Durigon, recepcionaram líderes políticos nacionai (...)
Secretaria da Agricultura abre inscrições para construção de silos
A Secretaria Municipal da Agricultura e Meio Ambiente de Lagoa Vermelha abre o período de inscrições para a construção de silos do tipo trincheiras ou limpeza dos já existentes. As inscrições irão até (...)
Sub 13 do Lagoa Futsal vence três confrontos
Jogando pela Copa Amunor, na quarta-feira, 15 de novembro, no Adolfo Stella, a categoria de Base Sub 13 do Lagoa Futsal venceu os três confrontos: Lagoa Futsal 3 x 0 Muitos Capões, Lagoa Futsal 15 x (...)
Câmara: Brigada Militar recebe homenagem pelos 180 anos
Poder Legislativo de Lagoa Vermelha, sob a presidência do vereador Ranyeri Bozza, realizou, na terça-feira, 14, sessão solene em homenagem aos 180 anos da Brigada Militar no Estado do Rio Grande do Su (...)
 
  Página Inicial | Contato | Empresa | Lagoa Vermelha

Simples.net Solucões Inteligentes