Radar online
Por Aldoir Nepomuceno
 
Sem plano B, governo aposta tudo na adesão ao regime de recuperação fiscal
 
Em entrevista à Rádio Guaíba, governador ressaltou que essa é a única medida para o RS sair da crise

O governo do Estado vive mais uma semana decisiva – de hoje até quarta-feira, a Assembleia Legislativa pode votar a adesão do Rio Grande do Sul ao regime de recuperação fiscal. A medida concentrou todos os esforços do Piratini nos últimos meses. “Não há plano B. A única coisa que temos é a possibilidade do regime de recuperação fiscal para que o Estado reequilibre as contas e consiga atender as pessoas que mais precisam do poder público”, ressaltou o governador José Ivo Sartori nesta segunda-feira, em entrevista à Rádio Guaíba.

Sartori disse que agora é a vez da Assembleia Legislativa - “que é a representação maior da sociedade” - decidir medidas importantes para o Rio Grande do Sul. Segundo o governador, juntos (governo e deputados) “podem fazer o impossível” - referindo-se ao regime de recuperação fiscal como projeto para retirar o RS da crise.

Contudo, mesmo com a adesão, o governador não garantiu que os salários do funcionalismo seriam pagos em dia. Sartori se limitou a dizer que “seria possível”. Mas para ele, o fato de o governo ter quitado os salários dos servidores dentro do próprio mês (a maioria até o dia 13) “é algo positivo”.

Com a adesão ao regime, o RS deixa de pagar a dívida com a União por três anos, prorrogáveis por mais três. Além disso, de acordo com Sartori, caso o Estado não participe do plano, teria que quitar nos próximos meses as parcelas da dívida que tiveram carência devido à renegociação com o governo federal. No entanto, a oposição defende que a isenção da dívida por 36 meses apenas prorrogaria o problema, já que teria que ser quitada pelo próximo governo.

“Plantamos a semente da mudança”

De acordo com o governador, “através de falas francas e verdadeiras, o governo mostrou a realidade financeira do Estado, e isso tem sido compreendido pela própria sociedade”. Ele disse que, mesmo sem o regime de recuperação, o seu governo conseguiu reduzir o deficit do Estado. “A projeção era, ao final de 2018, deficit de mais de R$ 25 bilhões. Com todos os trabalhos, chegamos a R$ 8 bilhões”.

Sartori ressaltou que essa redução – conquistada com o apoio da Assembleia Legislativa, Judiciário e Ministério Público – não conta com as economias trazidas pelo regime de recuperação e as vendas das ações do Banrisul. Além disso, lembrou que o juros da dívida do Estado com a União foi reduzido de 6% ao mês para 4%.

“Plantamos a semente da mudança no RS, para mudar o ambiente, para que a economia volte a crescer. Temos muita gente querendo investir no Estado, sempre temos novidades de gente empreendedora que quer investir aqui. Quem não está bem é o poder publico que precisa ajustar suas contas para não atrapalhar o crescimento do RS”.

(Correio do Povo)
Mais informações
 
Fatores externos e internos explicam alta do dólar, dizem economistas
Caminhoneiros planejam paralisação a partir de segunda-feira
Pena de José Dirceu começará a ser cumprida em cela coletiva na Papuda
TRF4 nega último recurso e autoriza prisão de José Dirceu
Juiz retira benefícios do ex-presidente Lula, preso em Curitiba
Banco Central mantém taxa básica de juros em 6,5% ao ano
Tite convoca seleção para a Copa do Mundo da Rússia
Prefeitura de Curitiba reitera pedido de transferência de Lula da PF
Presidente da Câmara defende votação da PEC sobre prisão de condenados em segunda instância
Presidente da Câmara defende votação da PEC sobre prisão de condenados em segunda instância
Lula pediu para receber visitas da família às quintas-feiras
Inflação fica em 0,09% em março, a menor taxa para o mês desde 1994
Temer e Cármen Lúcia discutem segurança pública e intervenção no Rio
Justiça Federal manda soltar Joesley Batista
Defesa do prefeito de Bom Jesus vai recorrer da decisão do TRE de cassação do mandato
 
 
   
publicidade - anuncie
   


Ademar Fagundes
Jornalista e Radialista


Victor Hugo Muraro Filho
Advogado


Fabiana Rankrape
Folha Rural

Outros Colunistas (...)
Deputado Santini visita Folha do Nordeste
Deputado Ronaldo Santini, pré-candidato a deputado federal, realizou na tarde de hoje (17) visita a redação do jornal Folha do Nordeste, onde assina coluna semanal. Foi recebido pelo diretor Aldoir Ne (...)
Presidente da Câmara de Vereadores visita Expolagoa

Na manhã desta quinta-feira (17), o presidente do Legislativo, Braulio Guedes (PTB), acompanhado do deputado estadual Ronaldo Santini (PTB), esteve visitando a Expolagoa 2018. A exposi&ccedi (...)

Inicia funcionamento do Parque de Geração Solar Fotovoltaica da UPF

O Parque de Geração Solar Fotovoltaica da Universidade de Passo Fundo (UPF) é uma realidade. A Rio Grande Energia (RGE), distribuidora de energia elétrica da regiã (...)

Corede seleciona projetos para Consulta Popular

COREDE Nordeste realizou na tarde desta quarta-feira, 16, em Sananduva, Assembleia Regional Ampliada para a escolha dos projetos que farão parte da cédula de votação par (...)

Covatti Filho representa Câmara Federal na abertura da Expolagoa 2018

Deputado Covatti Filho, na sexta-feira, 18, às 18 horas, estará participando da abertura oficial da Expolagoa 2018, que acontece na Associação dos Motoristas. Na oportun (...)

 
  Página Inicial | Contato | Empresa | Lagoa Vermelha

Simples.net Solucões Inteligentes