Radar online
Por Aldoir Nepomuceno
 
Inadimplência do consumidor abre o ano com alta de 2,10%
 
A inadimplência do consumidor aumentou 2,10% em janeiro de 2018 ante o mesmo mês do ano passado. Esse foi o maior crescimento desde junho de 2016, quando a elevação foi de 2,78%. Na comparação mensal com dezembro de 2017 o aumento foi de 0,96%, o maior desde maio de 2017. Segundo os dados do Indicador de Inadimplência do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), divulgados hoje (9), são mais de 60,7 milhões de consumidores brasileiros inscritos em cadastros de inadimplentes, número que representa aproximadamente 40% da população adulta do país.

O presidente da CNDL, José Cesar da Costa, disse que para os primeiros meses a expectativa é a de um processo lento de recuo no volume de atrasos nos pagamentos, caso as projeções de inflação controlada, juros baixos e melhora dos indicadores se confirmem. “Ainda assim, o que mais favorecerá um ciclo de queda da inadimplência será uma recuperação mais acentuada do mercado de trabalho e a volta de ganhos na renda real do consumidor, que ainda não se recuperou das quedas dos últimos anos”, disse.

Região

A pesquisa da CNDL aponta que o maior número de consumidores negativados está o Sudeste. São 25,7 milhões de pessoas, o que representa 39% da população adulta da região. Em seguida aparece o Nordeste, com 16,5 milhões de negativados (41% da população da região); o Sul, com 8,2 milhões de inadimplentes (37% da população adulta); o Norte, com 5,4 milhões de devedores (45% do total da população residente, a maior entre as cinco regiões); e o Centro-Oeste, com um total de 4,9 milhões de inadimplentes, ou 42% da sua população.

Quando analisada a faixa etária, o que os dados revelam é que 50% da população entre 30 anos e 39 anos iniciou o ano com o nome em alguma lista de devedores. São 17,3 milhões de consumidores nessa situação. Entre aqueles que têm entre 40 anos e 49 anos, 13,4 milhões, ou 48%, têm alguma dívida não paga, o que pode ser explicado pelo fato de que nessa fase da vida muitos já têm família e filhos. “Por isso assumem mais compromissos financeiros. Em um momento de crise, pode ser difícil equilibrar o orçamento se não houver controle e disciplina”, explicou a economista-chefe do SPC Brasil, Marcela Kawauti.

Entre os consumidores com idade entre 18 anos e 24 anos a proporção de inadimplentes cai para 20%, ou seja, 4,8 milhões. Já a população idosa, considerando-se a faixa etária entre 65 anos e 84 anos, a proporção é de 31%, o que representa cinco milhões de pessoas com o CPF inscritos em cadastros de inadimplentes. Nas outras faixas etárias são 7,8 milhões de inadimplentes entre 25 anos e 29 anos; 12,2 milhões entre os que têm 50 anos e 64 anos e aproximadamente 232 mil idosos acima dos 85 anos que estão com o CPF restritos.

Dívidas atrasadas

O SPC Brasil e a CNDL apuraram ainda que houve variação negativa de 1,94% em janeiro de 2018 ante o mesmo período do ano passado no volume de dívidas atrasadas. Já na comparação mensal, com dezembro de 2017 houve alta de 0,87%. Os atrasos com empresas concessionárias de serviços de água e luz foi o que mostrou a maior queda de dívidas em janeiro na comparação anual, de 7,12%. Os atrasos no comércio tiveram queda de 6,97%.

Os atrasos com as dívidas bancárias (cartão de crédito, financiamentos, empréstimos e seguros) aumentaram 1,69% no período. No caso do setor de comunicação (telefonia, internet e TV por assinatura) apresentaram a alta mais elevada, com 9,01% a mais de atrasos na comparação com janeiro do ano passado.

“A quantidade de dívidas em atraso desacelera de forma mais intensa do que o número de devedores negativados. Isso quer dizer que o consumidor inadimplente tem iniciado o pagamento de dívidas em atraso aos poucos. Como consumidor inadimplente tem em médias, duas dívidas em atraso, ainda que ele quite uma, seu CPF continua restrito por causa da outra dívida”, explicou Kawauti.

De acordo com o indicador, cinco em cada dez dívidas pendentes (51%) de pessoas físicas no país têm como credor algum banco ou instituição financeira. A segunda maior representatividade fica por conta do comércio, que concentra 18% do total de dívidas não pagas, seguido pelo setor de comunicação (14%). Os débitos com as empresas concessionárias de serviços básicos como água e luz representam 8% das dívidas não pagas no Brasil.

(Agência Brasil)
Mais informações
 
Mães, 307 detentas do Rio Grande do Sul podem ter direito à prisão domiciliar
Eunício: relação com Planalto é boa, mas Senado não é puxadinho de outro Poder
Ministro diz que Congresso é soberano; Senado e Câmara definirão pautas
Intervenção suspende votação de 99 PECs que estão prontas para pauta do Plenário
Pauta econômica apresentada pelo governo é da Câmara, afirma Maia
Temer anuncia criação do Ministério Extraordinário da Segurança Pública
Intervenção é correta, diz base aliada; oposição classifica de cortina de fumaça
Decreto de intervenção federal exige aprovação parlamentar, mas já está em vigor
Temer nomeia general Braga Netto interventor na segurança pública do Rio
Com expectativa de inflação em 4,2%, cortes na Selic podem ser interrompidos
Reforma será iniciada na Câmara mesmo sem a certeza dos 308 votos, diz Marun
Candidatos poderão usar recursos próprios nas campanhas
75% das multas em rodovias federais durante Carnaval são por excesso de velocidade
Calor predomina no país no último dia de carnaval
‘Farra’ do crédito de veículos gerou rombo de R$ 22,8 bi para bancos
 
 
   
publicidade - anuncie
   


Aldoir Rodrigues Nepomuceno
Advogado e Jornalista


Fabiana Rankrape


Juliana Chilanti Tonial
Advogada especialista em Direito Civil. Mestrada em Direito Ambiental - UCS

Outros Colunistas (...)
PSDB critica condução política do governo Bonotto
A ausência de diálogo entre o PSDB e o governo de Gustavo Bonotto, PP, faz com que os tucanos demonstrem descontentamentos com a condução política na administração municipal. Os tucanos, que trabalha (...)
PRF apreende adolescente por porte ilegal de arma em Lagoa Vermelha
A PRF apreendeu um adolescente de 15 anos por porte ilegal de arma de fogo na manhã desta sexta-feira (16), na BR 470 em Lagoa Vermelha. Ele conduzia uma motocicleta Honda CG 150 Titan. Durante as (...)
Secretaria da Educação define ações, programas e projetos estratégicos para o ano letivo
A Secretaria Municipal da Educação, Cultura e Desporto realizou na manhã desta sexta-feira (16), uma reunião para definição das ações, programas e projetos estratégicos para este ano letivo. Liderad (...)
Presidente do Legislativo manifesta-se no grande expediente
O presidente do Legislativo, Braulio Joares Guedes (PTB),) na Sessão Ordinária desta quarta-feira (15), realizou manifestação no grande expediente. De acordo com o novo regimento interno, nesta ocasiã (...)
Lagoa Vermelha vai sediar ato público contra Reforma da Previdência
Numa iniciativa conjunta entre o CPERS, MPA, Sindicomerciários, Sintracom, PT de Lagoa Vermelha e Caseiros, PT Regional, Fetraf/RS, MMC, MST, Cresol, Cetap, Coopervita, Coopervida, Copercasa, Associaç (...)
 
  Página Inicial | Contato | Empresa | Lagoa Vermelha

Simples.net Solucões Inteligentes