Radar online
Por Aldoir Nepomuceno
 
Candidatos poderão usar recursos próprios nas campanhas
 
O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) publicou a resolução que disciplina os mecanismos de financiamento de campanha para as eleições de 2018. De acordo com o texto, publicado no dia 2 no Diário da Justiça Eletrônico, além dos recursos partidários e doações de pessoas físicas, os candidatos poderão usar recursos próprios em suas campanhas, o chamado autofinanciamento.

“O candidato poderá usar recursos próprios em sua campanha até o limite de gastos estabelecido para o cargo ao qual concorre”, diz o texto da Resolução 23.553, cujo relator foi o ministro Luiz Fux, que desde o dia 6 ocupa a presidência do TSE.

Haverá limite de gastos com as campanhas. De acordo com a resolução, no caso da disputa pela Presidência da República, o valor máximo com gastos de campanha será de R$ 70 milhões. Nas eleições para o cargo de governador, os valores vão de R$ 2,8 milhões a R$ 21 milhões, conforme o número de eleitores do estado. Para a disputa a uma vaga no Senado, os limites variam de R$ 2,5 milhões a R$ 5,6 milhões, conforme o número de eleitores do estado. Para deputado federal, o limite é de R$ 2,5 milhões e de R$ 1 milhão para as eleições de deputado estadual ou distrital.

As doações, entretanto, ficam limitadas a 10% dos rendimentos brutos auferidos pelo doador no ano anterior à eleição. Os bens próprios do candidato também poderão ser objeto de doação. Mas somente podem ser utilizados na campanha eleitoral quando demonstrado “que já integravam seu patrimônio em período anterior ao pedido de registro da respectiva candidatura”.

A resolução diz ainda que, além da doação ou cessão temporária de bens e serviços, as doações poderão ocorrer inclusive por meio da internet. No caso das doações bancárias, deverá constar o CPF do doador. Já “as doações financeiras de valor igual ou superior a R$ 1.064,10 só poderão ser realizadas mediante transferência eletrônica entre as contas bancárias do doador e do beneficiário da doação.”

A resolução regulamenta também outra novidade, a possibilidade de financiamento coletivo da campanha por meio de plataformas na internet. Para tanto, a plataforma deverá ter cadastro prévio na Justiça Eleitoral. Serão exigidos, ainda, o recibo da transação, identificação obrigatória, com o nome completo e o CPF do doador; o valor das quantias doadas individualmente, forma de pagamento e as datas das respectivas doações.

Essas informações deverão ser disponibilizadas na internet, devendo ser atualizada instantaneamente a cada nova doação. Os dados deverão ser enviados imediatamente à Justiça Eleitoral.

A polêmica em torno do autofinanciamento começou em dezembro do ano passado, quando o Congresso Nacional derrubou o veto do presidente Michel Temer que liberava o autofinanciamento sem restrição nas campanhas. Na ocasião, os parlamentares entenderam que isto poderia favorecer os candidatos com maior poder aquisitivo.

Contudo, a derrubada ocorreu a menos de um ano da eleição, o que poderia ensejar insegurança e disputa jurídica. Com isso, coube ao TSE editar norma com as regras. Pelo calendário eleitoral de 2018, o tribunal tem até 5 de março para confirmar todas as normas para o pleito deste ano.

(Agência Brasil)
Mais informações
 
Fatores externos e internos explicam alta do dólar, dizem economistas
Caminhoneiros planejam paralisação a partir de segunda-feira
Pena de José Dirceu começará a ser cumprida em cela coletiva na Papuda
TRF4 nega último recurso e autoriza prisão de José Dirceu
Juiz retira benefícios do ex-presidente Lula, preso em Curitiba
Banco Central mantém taxa básica de juros em 6,5% ao ano
Tite convoca seleção para a Copa do Mundo da Rússia
Prefeitura de Curitiba reitera pedido de transferência de Lula da PF
Presidente da Câmara defende votação da PEC sobre prisão de condenados em segunda instância
Presidente da Câmara defende votação da PEC sobre prisão de condenados em segunda instância
Lula pediu para receber visitas da família às quintas-feiras
Inflação fica em 0,09% em março, a menor taxa para o mês desde 1994
Temer e Cármen Lúcia discutem segurança pública e intervenção no Rio
Justiça Federal manda soltar Joesley Batista
Defesa do prefeito de Bom Jesus vai recorrer da decisão do TRE de cassação do mandato
 
 
   
publicidade - anuncie
   


Oscar Menna Barreto Grau
Médico Veterinário


Terezinha do Carmo
Pedagoga


José Antônio de Andrade
joseantonio@somarimoveis.com

Outros Colunistas (...)
Deputado Santini visita Folha do Nordeste
Deputado Ronaldo Santini, pré-candidato a deputado federal, realizou na tarde de hoje (17) visita a redação do jornal Folha do Nordeste, onde assina coluna semanal. Foi recebido pelo diretor Aldoir Ne (...)
Presidente da Câmara de Vereadores visita Expolagoa

Na manhã desta quinta-feira (17), o presidente do Legislativo, Braulio Guedes (PTB), acompanhado do deputado estadual Ronaldo Santini (PTB), esteve visitando a Expolagoa 2018. A exposi&ccedi (...)

Inicia funcionamento do Parque de Geração Solar Fotovoltaica da UPF

O Parque de Geração Solar Fotovoltaica da Universidade de Passo Fundo (UPF) é uma realidade. A Rio Grande Energia (RGE), distribuidora de energia elétrica da regiã (...)

Corede seleciona projetos para Consulta Popular

COREDE Nordeste realizou na tarde desta quarta-feira, 16, em Sananduva, Assembleia Regional Ampliada para a escolha dos projetos que farão parte da cédula de votação par (...)

Covatti Filho representa Câmara Federal na abertura da Expolagoa 2018

Deputado Covatti Filho, na sexta-feira, 18, às 18 horas, estará participando da abertura oficial da Expolagoa 2018, que acontece na Associação dos Motoristas. Na oportun (...)

 
  Página Inicial | Contato | Empresa | Lagoa Vermelha

Simples.net Solucões Inteligentes